Roteiro de Paris para foodies

Explorar os sabores da cozinha mais influente do mundo é um dos atrativos de uma ida a Paris. Descubra as melhores experiências culinárias da capital francesa.

Roteiro de Paris para foodies
Os famosos macarons parisienses

São tantos os pratos e as sobremesas que das cozinhas francesas saltaram para as cozinhas de todo o mundo, que é quase impossível enumerá-los. Mas não há nada como saboreá-los na origem, por isso, preparamos este delicioso roteiro de Paris para foodies.

Do omnipresente croissant ao requintado éclair, ou do nem sempre consensual foi gras ao reconfortante coq au vin, a capital gaulesa oferece todo um mundo de experiências gastronómicas. Se gosta de aliar esta componente nas suas viagens turísticas e está a pensar visitar Paris, não perca as oito experiências que selecionámos para si.

8 coisas que os foodies não podem perder em Paris

Comer num restaurante com estrelas Michelin

restaurante estrelas michelin parisFonte da imagem: Le Bristol Paris

O famoso guia vermelho onde chefs de todo o planeta anseiam ver o seu restaurante inscrito nasceu em França, e este é o país do mundo com mais restaurantes estrelados. Não é de estranhar, por isso, que só em Paris sejam quase uma centena os projetos de restauração distinguidos pelos críticos do guia (para se ter uma ideia, em Lisboa, neste momento, há apenas cinco restaurantes estrelados e nenhum com três estrelas).

Antes de escolher o local onde quer investir algumas poupanças numa refeição memorável, deixamos-lhe uma dica extra: por norma, almoçar nestes restaurantes fica mais barato do que jantar.

Comer num bistro parisiense

Se a experiência de degustar uma refeição de alta cozinha nos restaurantes acima mencionados é altamente aconselhável, explorar a cozinha francesa na vertente do típico bistro é obrigatório.

Conta a história que estes pequenos restaurantes de comida tradicional, rápida e relativamente acessível, tiveram origem na altura da Segunda Guerra Mundial, quando muitas mulheres, para conseguirem sustentar a casa, abriram a sua cozinha ao público para servir pratos caseiros. Eis alguns dos bistros parisienses mais apreciados pelos locais:

Fazer um piquenique

piquenique parisFonte da imagem: Pixabay

Os franceses são exímios a preparar piqueniques comme il faut: com uma toalha bonita, queijos selecionados, charcutaria de qualidade, bom vinho e pão estaladiço, entre outras iguarias. Por isso, tínhamos de incluir um piquenique à grande e à francesa neste roteiro de Paris para foodies.

E que experiência extraordinária é poder usufruir de uma refeição destas num dos emblemáticos locais da capital gaulesa, sem ter qualquer trabalho. Basta encomendar o piquenique na Paris Picnic, que eles levam tudo à hora marcada aonde quiser: seja o Jardim das Tulherias, o Bosque de Bolonha, o Canal Saint-Martin, uma praça romântica ou outro qualquer local.

Provar os Macarons da Ladurée

Ir a Paris e não provar aquelas preciosidades doces que dão pelo nome de macarons é uma falha grave no curriculum de um verdadeiro foodie. Pelos ingredientes parecem simples de fazer: claras de ovo, açúcar, amêndoa, mas a verdade é que é preciso técnica para transformar aqueles produtos básicos numa joia da pastelaria. A nossa marca favorita é a Ladurée, uma pastelaria fundada em 1862. Mas há mais marcas prestigiadas de macarons na cidade, como por exemplo a Angelina, a Fauchon ou a Pierre Hermé.

Visitar um mercado

mercado rungis parisFonte da imagem: medium.com

O pulsar gastronómico de uma cidade pode ser medido pela qualidade dos seus mercados e Paris não é exceção. Apesar de haver vários no centro da cidade que merecem uma visita – muitos deles com um enfoque na restauração, oferecendo bancas de comida absolutamente imperdíveis, como é o caso do Marché des Enfants Rouges – destacamos o mercado Rungis.

Situado a sete quilómetros de Paris, o Rungis é simplesmente o maior mercado de frescos e produtos alimentares do mundo, com 1200 fornecedores. Convém ir de manhã bem cedo para apanhar as magníficas e reluzentes bancas a transbordar de produtos. Um espetáculo multissensorial arrebatador.

Fazer uma prova de queijos

A paixão dos franceses por queijo é conhecida. Mestres nas técnicas de transformar os vários tipos de leite em verdadeiras iguarias, têm até uma curiosa expressão popular para designar alguém que esteja bastante abatido: ‘Triste comme un repas sans fromage’, ou seja ‘triste como uma refeição sem queijo’. Não deixe por isso de visitar algumas queijarias e fazer uma prova no local, como por exemplo a Fromagerie Rovecchio Paris Montmartre.

Outra sugestão é escolher vários tipos de queijo numa destas lojas especializadas, comprar uma deliciosa baguete e fazer você mesmo um piquenique de queijos num qualquer banco de jardim.

Provar o pão da La Parisienne

baguete francesaFonte da imagem: La Parisienne

Para acompanhar a sugestão anterior e porque a fama do pão francês continua a correr mundo, não termine os seus dias em Paris sem visitar uma padaria onde o pão é de comer e chorar por mais. Para baguetes excecionais, procure uma das lojas La Parisienne, padaria que ganhou o prémio de melhor baguete da cidade em 2016 e é o fornecedor oficial do Palácio do Eliseu. Para pães de especialidade, croissants e caracóis folhados difíceis de igual, não deixe de visitar a Du Pain et des Idées.

Fazer uma Food Tour

E para fechar com chave de ouro este roteiro de Paris para foodies, sugerimos que reserve uma horas da sua estadia em Paris para fazer uma food tour. Há várias empresas a oferecer este serviço, mas nós gostamos especialmente da equipa do Paris by Mouth, que oferece visitas guiadas aos segredos gastronómicos de cada bairro ou roteiros dedicados a um tema específico da cozinha francesa, em grupos pequenos e numa atmosfera de franca partilha.

Veja também: