Um roteiro de Street Art em Lisboa que vai adorar conhecer

Muita tinta escorreria sobre pontos obrigatórios no roteiro de Street Art em Lisboa. Mas para fazer tudo num dia, deixamos 7 sugestões imperdíveis.

Um roteiro de Street Art em Lisboa que vai adorar conhecer
Percorra as ruas alfacinhas

Vale a pena reservar um dia inteiro ou, pelo menos, grande parte do mesmo, e dedicar-se a fazer um roteiro de Street Art em Lisboa. Esta recente forma de fazer arte alegra as cidades, seja nas calçadas em azulejo, em edifícios mais ou menos degradados ou até em pilares de pontes. E o que podemos encontrar? Verdadeiras obras de arte, algumas delas com um grande simbolismo e até crítica social, outras simplesmente a arte pela arte. Venha daí connosco.

Os 7 locais que não pode perder do roteiro de Street Art em Lisboa


Rua de São Bento

Nesta avenida bem conhecida da capital encontramos a primeira sugestão para um roteiro de Street Art em Lisboa. Assinada pelos artistas Hedof e AkaCorleone, esta peça traz uma cor incrível à cidade, com representação de figuras e animais, casas e edifícios históricos.

tapada

Calçada da Tapada

Na Calçada da Tapada encontra uma dos spots do roteiro de Street Art em Lisboa que não pode mesmo perder. E está localizado num dos pilares da Ponte 25 de Abril! Bem na zona do Calvário, este trabalho representa um peixe debaixo de água, muito representativo do litoral de Portugal e é assinada por Mosaik, Kilt e Regg.

Rua Prof. Margarida Vieira Mendes

O chileno Inti assina um ponto obrigatório do roteiro de Street Art em Lisboa. Bastante semelhante a uma Nossa Senhora, esta obra destaca-se de toda a rua, entre pretos amarelos e bejes. Uma representação artística de um tema tão próximo e significativo para Portugal.

fado

Calçada do Menino Jesus

Na Calçada do Menino Jesus surge um nome imprescindível no roteiro de Street Art em Lisboa: Vhils. Nesta peça, Vhils faz duas importantes homenagens a Portugal: utiliza, por um lado, a célebre e única calçada portuguesa e representa, por outro, o grande ícone do Fado, Amália Rodrigues,

Bairro Alto

Nesta zona o que não faltam são expressões artísticas urbanas. Ao longo da Calçada da Glória e do Largo da Oliveirinha encontra sete painéis concedidos pela Câmara Municipal, oficiais de Street Art, e organiza exposições temáticas temporárias.

Chiado

Junto à estação do Rossio vai encontrar uma obra que faz um hino à Lisboa dos tempos antigos. Assinada pelo brasileiro Oliveiros Rodrigues da Silva Junior, de nome artístico Utopia63, representa o típico elétrico amarelo e as senhoras e senhores com vestes compridas e senhoriais.

mouraria

Mouraria

Terminamos o roteiro e Street Art em Lisboa com o antigo Mercado do Chão do Loureiro, situado entre a Baixa, a Mouraria e o castelo de São Jorge. Transformado num parque de estacionamento de vários pisos, todos eles têm fantásticas obras de arte urbana, assinadas por nomes bem conhecidos como Mar, Miguel Januário, Nomen, Paulo Arraiano e Ram.

Quer conhecer mais locais do roteiro de Street Arte em Lisboa?

Compre o Street Art Lisbon 2. Já havia sido publicado um primeiro volume com as obras de Street Art em Lisvoa em 2013. Mas o seu crescimento tem sido tão avassalador, que foi recentemente lançado o segundo volume do ‘Street Art Lisbon’. Publicado pela Zes Books, o livro conta com 208 páginas de várias obras e sugestões, sem esquecer um mapa com coordenadas para que nunca se perca na cidade.

Preço: 11€

Veja também: