Saldos de inverno 2015

Não perca as nossas dicas para os saldos de inverno porque daqui a nada eles estão aí!

Saldos de inverno 2015
Agora é preciso estar mais atento!

Até este ano, os saldos de inverno aconteciam entre 28 de dezembro e terminavam apenas dois meses depois, no dia 28 de fevereiro. No entanto, esta determinação legal acabou no último ano e cabe agora aos lojistas decidir quando começam os saldos de inverno. A venda em saldos pode realizar-se em qualquer período do ano desde que não totalizem, no seu conjunto, quatro meses por ano.

Se quer aproveitar os saldos para comprar alguma coisa específica, é importante estar atento aos anúncios das lojas, uma vez que, à medida que o Natal de aproxima, também começam várias promoções pontuais e pode acabar por perder o negócio.
 

10 Dicas para aproveitar os saldos de inverno

 

1. Primeiras!

Vá aos saldos logo nos primeiros dias e nas primeiras horas da manhã. É quando encontra os melhores artigos, ainda há muitos tamanhos, os funcionários estão mais disponíveis, com mais paciência, as lojas estão arrumadas e vazias. Se puder, evite os fins de semana!

 

2. Compre online

Se é adepto das compras online, e mesmo que não seja, esteja atento às suas lojas online preferidas, subscreva as newsletters para não perder nenhuma promoção e, assim que arrancarem os primeiros descontos faça as suas compras. É a melhor forma para garantir que consegue o que precisa. Se não gosta de comprar sem ver e tocar, antes das promoções passe na loja.

 

3. Atenção às fraudes

Não faltam casos a provar que, nem sempre as lojas são totalmente honestas na hora das promoções. Porque os saldos são uma boa altura para comprar aquela peça caríssima que namorou a época toda, é muito importante saber o seu preço inicial. Faça essa pesquisa antes do início dos saldos de inverno e não se esqueça de tirar uma fotografia!

 

4. Faça uma lista

Sempre as listas. Antes de sair de casa, espreite o armário, faça uma lista das peças que realmente precisa e defina o valor máximo a gastar. Os especialistas sugerem que 70% desse valor seja para aquilo que precisa, como um bom casaco e 30% para extravagâncias, como peças mais trendência.

 

5. É uma maratona

A não ser que tenha a certeza absoluta de qual o tamanho e corte certo para si, prepare-se para vestir e despir roupa sem parar. Por isso, leve roupa confortável, fresca e prática para as trocas, como um vestido e umas sabrinas ou uns jeans, uma t-shirt e sapatilhas.

 

6. Compras inteligentes

Aproveite os saldos de inverno para comprar peças-chave, de qualidade, e que terão um ciclo de vida longo. Aposte em bons casacos, um blazer, um vestido versátil, um fato com um corte excelente, uma boa carteira de pele e aqueles sapatos que vão durar uma vida. Também é boa altura para renovar o seu calçado de desporto.

 

7. Precisa mesmo disso?

Lá porque uma peça está com 80% de desconto, não tem que a comprar! É um bom negócio mas pense: gosta mesmo? Fica-lhe bem? É o seu estilo? Vai usar ou vai ficar perdida no roupeiro por três gerações? É de qualidade? Combina com o seu guarda-roupa?

 

8. Leve uma lupa

Para verificar a peça com detalhe. É época de saldos mas isso não quer dizer que tenha que levar para casa roupa com defeitos, manchas ou de fraca qualidade. Além disso, não compre nada sem experimentar e compre apenas o que lhe fica mesmo bem.

 

9. Se está tudo bem, não hesite

Aquela peça que namorou o ano todo, que procura há imenso tempo, adora e lhe fica a matar é aquela para trazer! Não vá para casa a pensar no assunto porque é certo que, quando voltar, já lá não está à sua espera.

 

10. Se hesitar, não leve

Por outro lado, se não sabe se gosta, se não sabe se lhe faz falta, se lhe fica grande, se lhe fica apertada, se não sabe como combinar com o seu guarda-roupa, não compre. Se está indeciso, vá a outras lojas ou noutro dia. Em caso de dúvida, não gaste o orçamento todo de uma vez.

 
 
Veja também: