7 segredos que os veterinários não lhe contam

Sabia que os veterinários não defendem o uso de trelas retráteis? Conheça alguns segredos e recomendações dos veterinários.

7 segredos que os veterinários não lhe contam
Dar mimo não é dar comida! Conheça alguns conselhos dos veterinários

Todas as profissões têm as suas particularidades e os seus segredos. Hoje revelamos 7 segredos e recomendações dos veterinários, que vão ser úteis para si, para o seu animal de estimação e até para o veterinário.

7 segredos que os veterinários não lhe contam

1. Cães de pequeno ou grande porte?

cães pequenos ou grandes

Quantas vezes já assistimos na rua a um chihuahua ou a um pinscher a fazerem frente a um rottweiler? Na verdade, a coragem dessas raças de cães parece inesgotável…

De um modo geral, os veterinários preferem tratar um rottweiler, em detrimento de um cão de pequeno porte. Defendem que os cães mais pequenos têm uma maior tendência para morder.

2. Sentimento de dever cumprido

dever cumprido

À semelhança dos profissionais de saúde, também os veterinários conhecem bem o sentimento de dever cumprido, sobretudo quando salvam a vida de um animal.

Deste modo, escolher um veterinário tendo em conta a sua disponibilidade é um fator de grande importância, nomeadamente em casos de urgência.

3. Trelas retráteis

trelas

Outro dos segredos dos veterinários diz respeito à segurança do seu cão. Como tal, acreditam que deve evitar o uso de trelas retráteis.

São vários os veterinários que contam relatos que cães que chegaram até ao consultório vítimas de atropelamentos ou outros ferimentos, após se terem soltados deste tipo de trelas.

4. Vacinas para gatos

gatos

Se o seu gato não é daqueles gatos aventureiros que gosta de dar os seus passeios pelos telhados, não há necessidade de o vacinar. Em Portugal, ao contrário do que acontece nos cães, não há vacinação obrigatória para os gatos.

Contudo, caso queira viajar com o seu gato para fora do país, deverá administrar-lhe a vacina antirrábica.

5. Dar mimo não é dar comida

biscoitos de cão

Dar mimo ao seu cão não é dar-lhe biscoitos e comida quando ele pede. Mimar o seu animal de estimação é dar-lhe atenção e passar tempo com ele de qualidade.

Neste sentido, é importante ouvir os segredos e conselhos dos veterinários: se der comida e/ou biscoitos sempre que o seu cão reclama, só vai estar a contribuir para que o seu companheiro ganhe uns quilos extra.

6. A técnica do banho

banho ao cão

Dar banho ao seu cão pode ser um momento de diversão para ambos. Contudo, tenha em conta os segredos e recomendações dos veterinários, nomeadamente na hora de secar o seu cão. Neste sentido, deve ter especial atenção à forma como seca o pelo do seu cão, uma vez que pode ser causador de infeções.

Por outro lado, ao lavar o seu cão deve também proteger os ouvidos, colocando um pouco de algodão.

7. Caixas transportadoras para gatos

transportadoras gatos

Na próxima ida do seu gato a uma consulta, o veterinário vai agradecer-lhe que transporte o mesmo até à consulta dentro de uma caixa de transporte.

Desta forma, o veterinário vai poder controlar a situação ao retirar o seu gato de dentro da gaiola, e evitar assim que este comece a correr pelo consultório fora! Por outro lado, dentro da transportadora, o seu gato vai sentir-se mais protegido.

Veja também: