Seguro automóvel: como funciona?

Mais do que uma obrigação, o seguro automóvel é uma garantia de segurança, em caso de acidente ou roubo do veículo. 

Seguro automóvel: como funciona?
Conheça os princípios básicos do seguro automóvel em Portugal.

O seguro automóvel é obrigatório para todos os proprietários ou condutores de um veículo, na vertente de seguro de responsabilidade civil. Em caso de acidente, o seguro automóvel irá proteger os interesses dos lesados no sinistro.

 

O que cobre o seguro automóvel?

A cobertura do seguro automóvel depende do intuito do tomador de seguro, que pode escolher entre diferentes tipos de cobertura, para além da cobertura básica. 

O seguro obrigatório garante o pagamento de indemnizações por danos causados a terceiros e às pessoas transportadas, exceptuando o condutor do veículo. 

A cobertura adicional pode consistir em protecção contra roubo ou furto, protecção jurídica, cobertura de danos próprios, quebra de vidros, desastres naturais, incêndios, explosões, etc.

 

O que faz variar o preço do seguro automóvel?

Cada seguradora pode apresentar os seus próprios preços. Alguns factores que podem fazer variar o prémio do seguro automóvel são:

  • as características do veículo (ligeiro de passageiros ou de mercadorias, cilindrada, combustível) e o seu valor comercial,
  • a idade do condutor (com penalizações para condutores com menos de 25 anos e carta há menos de dois),
  • a zona de residência  (tarifas mais elevadas nas grandes cidades),
  • o local de parqueamento (parqueamento na rua sai mais caro do que garagem própria).

 

O que ter em conta antes de escolher o seguro automóvel?

Para descobrir qual o melhor seguro automóvel para si deverá fazer simulações de seguros auto e solicitar todas as informações relevantes às seguradoras relativamente ao seguro, como os riscos efectivamente cobertos e os seus preços de cobertura, a franquia, as penalizações e bonificações do prémio, os países onde o seguro é válido, etc.

 

O que é a franquia?

franquia é o valor pelo qual o tomador do seguro fica responsável, em caso de sinistro. Quanto menor for o valor da franquia, mais caro será o seguro. Inversamente, quanto maior for a franquia, menor será o preço do seguro. Se o valor da viatura que colidiu por culpa do segurado for por exemplo de 15.000€, a franquia de 2% (300€), e o valor da reparação de 200€, a reparação será suportada pelo segurado. Se a reparação custar 400€, o segurador já tem de pagar 100€. Saiba mais sobre a franquia do seguro automóvel.

 

Seguro automóvel contra todos os riscos

Não existe nenhum seguro automóvel que cubra todos os riscos. Existe sim, o seguro que cobre os danos próprios que pode ser contratado para além do seguro de responsabilidade civil, que é obrigatório.

 

Seguro automóvel em nome de outra pessoa. É possível?

Sim, é. Pode ter o seguro do seu automóvel em nome de outra pessoa, de acordo com a lei (número 1 do artigo 6.º do Decreto Lei 291/2007, relativo ao Regime de Seguro Obrigatório de Responsabilidade Civil Automóvel).

 

E um seguro automóvel mensal?

Existem seguros automóveis de curto prazo ou temporários. No que diz respeito aos seguros ditos tradicionais, há seguradoras que também oferecem a possibilidade de efectuar o pagamento do seu seguro mensalmente.  

 

Veja também: