Seguro automóvel para Clássicos: o que saber

Um seguro automóvel para clássicos é a melhor opção para poder usufruir, com maior assiduidade e segurança, do seu carro. Descubra o que fazer.

Seguro automóvel para Clássicos: o que saber
Tem um carro clássico? Saiba como fazer um seguro e quais as condições

Considera-se automóvel clássico, tendo como referência os parâmetros exigidos pelas  seguradoras, um veículo com 25 anos, certificado e autenticado como tal, o que pode ser emitido pelo Clube Português de Automóveis Antigos (CPAA), pelo Automóvel Clube de Portugal (ACP) ou pelo Museu do Caramulo (MC).
 
Também podem ser admitidos veículos que constem em listagens apresentadas por publicações específicas (por exemplo, Motor Clássicos ou Classic Cars Magazine). Habitualmente, as seguradoras têm uma listagem dos modelos de carros considerados clássicos. 
 
Se é o caso do seu então saiba como fazer um seguro automóvel para clássicos com as nossas dicas e conselhos.
 

Como fazer um seguro automóvel para clássicos?

Para fazer um seguro para um carro clássico deverá, ainda, ter efetuado uma inspeção válida da viatura e possuir um outro veículo, com seguro válido, e considerado de utilização diária (primeiro veículo). Determinadas seguradoras também solicitam que a idade do condutor seja superior a 25 anos e tenha carta de condução há mais de 2 ou 5 anos.
 

Dicas e conselhos para fazer um seguro para o seu clássico

1. Aderir ao ACP, ou outros clubes de carros clássicos, é uma das possibilidades de adquirir um seguro, para o seu clássico, mais barato. Os seguros nessas entidados são normalmente muito competitivos. 
 
2. Apesar de nem todas as seguradoras, especialmente as low-cost, possuírem seguros específicos para automóveis clássicos é conveniente fazer uma pesquisa. Use, por exemplo, o seu mediador de seguros. Os seguros automóveis para clássicos são mais baratos que os (ditos) normais, por isso vale sempre a pena pesquisar.
 
3. Um carro clássico torna-se, normalmente, um alvo apetecível para roubos. Tome todas as precauções de segurança possíveis, será importante para conseguir um seguro mais barato. Além disso, ter o carro estacionado numa garagem é vital, em muitos casos é mesmo obrigatório.
 
4. Questione as seguradoras para saber se consegue um preço de seguro mais baixo caso se inclua nas condições uma limitação da utilização do seu carro clássico a um determinado número de quilómetros.
 
5. Declare todas as modificações efetuadas ao seu carro ou corre o risco da cobertura do seu seguro automóvel para clássicos ser anulada. Por exemplo, se alterar o motor de série por um maior.
 

Seguro automóvel para futuros-clássicos

Além dos seguros automóveis para clássicos também existem seguros para futuros-clássicos que são carros dos 15 (inclusive) aos 25 anos, com interesse de colecção, em bom estado de conservação e que não seja de uso diário.

 
 
Veja também: