A melhor seleção de vinho verde está aqui

Sabia que o vinho verde é produzido apenas em Portugal e é único no mundo? Estes são alguns dos que tem mesmo de provar.

A melhor seleção de vinho verde está aqui
Um vinho único no mundo

O vinho verde é produzido unicamente na Região Demarcada dos Vinhos Verdes, em Portugal. Isso mesmo, é um vinho exclusivo. Com moderado teor alcoólico e também por isso menos calórico, este vinho é apreciado por uma grande franja da população. Muito fácil de beber, pode apresentar-se na versão de vinho verde branco, verde tinto, verde rosado ou verde alvarinho e combina muito bem com refeições leves e equilibradas como saladas, peixes, mariscos, carnes brancas, petiscos, sushi e massas.

Escolhemos uma seleção de 5 vinhos, recentemente destacados na gala anual dos Melhores Verdes, cuja seleção é levada a cabo por um conceituado júri internacional, composto por representantes de oito países.

5 opções de vinho verde que nunca desiludem

verde 1

Vila Nova 2016 (Vinho Verde Branco)

A Casa de Vila Nova posiciona-se no mercado de vinho verde como uma casa que alia a tradição à modernidade e inovação. O Vila Nova 206 é um vinho fresco e de grande qualidade, criado a partir das castas Verdelho, Loureiro e Alvarinho. Um pouco picante no nariz, denota toque de frutos e de flores no paladar. Com alguma mineralização, é leve, refrescante e com toques de laranja.É uma excelente opção para acompanhar um prato de marisco.

Produtor: Casa de Vila Nova

Casta: Verdelho, Loureiro e Alvarinho

Região: Vinho Verde

Teor alcoólico: 11.5 %

Preço: 10€

Tiroliro 2016 (Vinho Verde Rosado)

O Tiroliro é um vinho verde rosado (ou rosé) que torna difícil dizer que não a mais um copinho. Com apenas 10% de teor de álcool, tem uma cor rosa intensa e um trago extremamente frutado com agradáveis notas de frutos vermelhos e amoras. Muito leve e refrescante, deve ser bebido idealmente como aperitivo. No entanto, se acompanhar com peixe, marisco ou saladas, não vai ficar a perder na combinação.

Produtor: Casa de Vila Verde

Casta: Espadeiro, Touriga Nacional, Vinhão

Região: Vinho Verde

Teor alcoólico: 10 %

Preço: 8,61€

Adega dos Leões Grande Escolha Vinhão 2016 (Vinho Verde Tinto)

A produzir vinho verde desde 1888, a família Tavares de Vasconcelos é a produtora deste vinho verde tinto, produzido na sub-região de Basto. Equilibrado, puro e saboroso, mas com um pouco mais de álcool do que o habitual nos verdes, é produzido de forma a evitar adição química. O mosto fermenta numa cuba refrigerada e o vinho matura em cuba inox entre 3 a 4 meses, antes de ser engarrafado. Excelente opção para pratos de carne.

Produtor: Adega dos Leões

Casta: Vinhão, Padeiro de Basto e Rabo de Anho

Região: Vinho Verde, sub região Basto

Teor alcoólico: 13 %

Preço: 3€

verde 2

Deu-la-Deu Alvarinho 2016 (Vinho Verde Alvarinho)

O Deu-la-Deu Alvarinho 2016 é um vinho verde Alvarinho produzido com castas 100% Alvarinho. Seco, límpido, com cor citrina e de aroma intenso, denota notas tropicais e de mel. O sabor é muito macio e suave, mas com a acidez necessária para o tornar um vinho equilibrado e elegante. Experimente-o com uma salada complexa ou com um prato italiano.

Produtor: Adega Cooperativa de Monção

Casta: Alvarinho

Região: Vinho Verde

Teor alcoólico: 13 %

Preço: 6,5€

S. Caetano Colheita Seleccionada Arinto 2016 (Vinho Verde Arinto)

Finalmente, surge o S. Caetano Arinto. Aqui, a colheita das uvas é manual, de forma a ser possível levar a cabo uma criteriosa seleção. Depois do processo de prensagem suave, o mosto vai a fermentar em cubas de inox a temperatura controlada durante 4 semanas. De cor citrina e de aroma intenso e frutado, é um vinho macio e equilibrado na boca, com bom corpo. Se é apreciador de sushi, experimente este vinho a acompanhar. Funciona muito bem também com carnes brancas.

Produtor: S. Caetano

Casta: Arinto

Região: Vinho Verde

Teor alcoólico: 12 %

Preço: 4,5€

Veja também: