AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

5 Sinais de que está a precisar de férias

Pode não se aperceber mas pode estar a manifestar sintomas de quem está a precisar de férias. Saiba quais são.

5 Sinais de que está a precisar de férias
Sente-se constantemente (e facilmente) irritado no trabalho? Ou tem tido dificuldade em dormir? E que tal umas férias?

Férias! Quem não as quer?! O problema é que por vezes elas tardam em chegar ou – noutros casos – são os profissionais que não reconhecem a necessidade de uma pausa no trabalho. Sim, isso também acontece. Há quem viva tão embrenhado no trabalho que por vezes descura o facto de o corpo (e a mente) também precisar de descanso. E por mais que goste do seu trabalho vai sempre precisar de algum tempo afastado da rotina. Afinal só assim pode “recarregar baterias” e (aí sim) dar o seu melhor no trabalho e só precisa de identificar os sinais que mostram – sem margem para dúvidas – que está a precisar de férias.
 

Sinais de alerta: quais são?

Lembra-se de termos falado aqui da síndrome de burnout? Pois bem, se bem se recorda o burnout caracteriza-se por um estado de exaustão física, emocional e mental provocada pelos elevados níveis de stress no trabalho. E antes que se pergunte o que tem o burnout a ver com as férias, nós dizemos: tudo. A verdade é que a falta de descanso pode ter consequências graves e afetar a sua saúde e ainda que alguns dos sinais lhe possam parecer comuns dada a correria habitual do dia-a-dia, não é bem assim. Quando os “sintomas” são demasiado frequentes pode ser o seu corpo a indicar que precisa de uma pausa. Saiba quais são os sinais mais comuns.

 

1. Cansaço constante e baixa produtividade

Sim, é normal que se sinta cansado no final de um dia de trabalho, o que não é normal é que já acorde cansado, por exemplo. Caso se sinta mais cansado do que habitualmente, o melhor é estar atento porque pode mesmo ser sinal de um problema mais grave, como fadiga crónica. E acredite que as consequências se vão fazer sentir, não só vai ser menos produtivo, como o seu desempenho não vai ser o seu melhor. E mais, a exaustão física pode conduzir à exaustão psicológica, sinais claros de burnout.

 

2. Irritabilidade e atitude negativa

Preste especial atenção ao seu estado emocional. É certo que todos terão dias em que sentem mais “irritadiços” mas esse não deve ser o seu estado normal. Pode ser um sinal de stress. E nada melhor que umas boas férias para acalmar.

 

3. Dificuldade em dormir

Outro dos sinais mais comuns. Se o trabalho não lhe sai da cabeça e lhe está a tirar o sono, talvez seja melhor tirar uns dias para se afastar do trabalho e recuperar energias.

 

4. Dificuldade de concentração

Se já atingiu um estado de cansaço extremo o mais certo é não ser capaz de se manter concentrado e focado no seu trabalho e pode até ter dificuldade em recordar-se de informações importantes ou demorar o dobro do tempo a completar as suas tarefas. Tudo isto junto vai contribuir para um baixo desempenho e rendimento. Uma pausa pode ser a resposta. Não só regressa mais produtivo e ativo, como o mais certo é vir cheio de ideias novas.

 

5. Descura os cuidados pessoais

Quando o cansaço é demasiado ou o stress extremo, os hábitos menos saudáveis – como a má alimentação, excesso de cafeína ou abandono da prática desportiva, por exemplo – começam a “ganhar terreno” nas suas rotinas diárias.

 

Está a precisar de férias?

Não prestar atenção aos sinais – ou pior ignorá-los – não é sequer opção. Para bem da sua saúde e do seu trabalho é imperativo que tome medidas. E por medidas queremos dizer: vá de férias (ou pelo menos marque na sua agenda)!


Veja também: