Síndrome do cólon irritável: causas, sintomas e tratamento

O síndrome do cólon irritável consiste numa perturbação do tubo digestivo. Saiba como tratar os sintomas associados a este problema.

Síndrome do cólon irritável: causas, sintomas e tratamento
10 a 20% da população industrializada sofre deste problema

O síndrome do cólon irritável, também conhecido como “colite nervosa”, consiste, basicamente, na perturbação do tubo digestivo e causa alterações e problemas digestivos crónicos e recorrentes.

Acredita-se que é uma doença de origem nervosa, uma vez que não existe nenhuma razão orgânica que justifique estas alterações. Na verdade, este problema não pode tampouco ser considerado uma doença, mas sim um conjunto de manifestações de sintomas.

Duas vezes mais incidente em mulheres, este problema não escolhe idades, podendo mesmo aparecer em pessoas abaixo dos 40 anos.

Síndrome do cólon irritável: o que precisa de saber

Causas do síndrome do cólon irritável

Afinal, o que causa o síndrome do cólon irritável? De facto, as causas ainda não são totalmente conhecidas. Acredita-se, sim, que seja um conjunto de causas físicas e psicológicas que levam a estas alterações.

Hipersensibilidade a um determinado alimento, stress emocional, gastroenterite bacteriana, intolerância a comidas mais picantes ou a hidratos de carbono podem estar na origem de algumas das causas do síndrome do cólon irritável.

Sintomas do síndrome do cólon irritável

No que diz respeito aos sintomas deste problema de saúde, são vários os que podemos apontar:

  • Barriga dorida (aliviada após evacuação);
  • Barriga distendida;
  • Presença de gases abdominais;
  • Dor de estômago após as refeições;
  • Náuseas;
  • Dor ao evacuar;
  • Diarreia;
  • Obstipação;
  • Ardor no estômago;
  • Mucosa nas fezes.

Não pense que é um contrassenso o facto de, nos sintomas, estarem presentes diarreia e obstipação. A verdade é que o síndrome do cólon irritável se manifesta de forma diferente de pessoa para pessoa.

Se, em alguns casos, o principal sintoma é diarreia frequente (até três vezes ao dia), noutros acontece exatamente o contrário (evacuação de três em três dias ou mais e bastante dolorosa).

Se verifica um ou mais destes sintomas de forma recorrente, associado a dor abdominal, não deixe de visitar o seu médico assistente para um correto diagnóstico.

É possível tratar este problema?

Infelizmente, ainda não existe uma cura para o síndrome do cólon irritável. O que é possível fazer é minimizar os seus sintomas e formas de manifestação.

Pessoas com este tipo de distúrbio devem ter especial atenção à sua dieta, evitando alguns alimentos:

  • Alimentos picantes;
  • Bebidas com gás;
  • Alimentos flatulentos (talos de couves, por exemplo);
  • Derivados do leite;
  • Café;
  • Adoçantes artificiais;
  • Hidratos de carbono simples.

Como alternativa, deve privilegiar:

  • Alimentos pobres em gordura;
  • Hidratos de carbono complexos;
  • Frutas;
  • Vegetais sem talo.

É também recomendada a toma de 4 a 8 colheres diárias de farelo de trigo para repor o equilíbrio intestinal. Além disso, a prática regular de exercício físico pode ajudar, assim como exercícios de relaxamento, para que o stress não piore os sintomas.

Veja também: