Sopa da pedra: história e receita

A sopa da pedra é uma das receitas mais características do nosso país: conheça tudo sobre a sua história e aprenda a confecioná-la de forma simples.

Sopa da pedra: história e receita
Um prato nutritivo e com muita história

Fonte da imagem: Pulses
Uma sopa tradicional, uma história contada e o imaginário popular do português no seu melhor. Se o frade “espertalhão” de Almeirim existiu para inventar a sopa da pedra, não se sabe… Mas, é certo que a receita ficou famosa pelos anos 60 do século passado e, hoje, faz correr o nome daquela terra por todo o país. Vamos conhecer mais sobre a história da culinária nacional?

Sopa da pedra: sabor e tradição de Almeirim

A receita da sopa da pedra, prato tradicional da região de Almeirim, tem origem numa lenda muito antiga que envolve um frade que andava no peditório.

Segundo é contado através da cultura popular, o faminto frade, confrontado com o facto de ninguém lhe querer dar esmola, comentou com um lavrador que ia fazer um caldinho de pedra. Quem o ouvia achou piada ao nome da sopa e riu-se, ao que o frade se prontificou a explicar como se fazia tal receita.

Apanhou um pedra do chão, sacudiu-a e pediu ao lavrador que lhe emprestasse uma panela de barro. Colocou-a ao lume com água e a dita pedra. Todos estavam curiosos para ver o resultado e o frade, certo da receita, ia explicando como se fazia o caldo. Pediu um pouco de gordura, depois batatas, uns temperos, e depois algumas carnes, que o lavrador lhe ia fornecendo, curioso. A sopa cheirava cada vez melhor e, quando o frade acabou de a confecionar, comeu-a.

No fundo da panela, ficara apenas a pedra. O lavrador e as pessoas que viram o frade confecionar a sopa da pedra perguntaram-lhe por que ficara ali a pedra. A isto, o clérigo prontamente respondeu que a levaria com ele para fazer mais sopa da pedra. E, assim, de casa em casa, o esperto frade conquistava as suas refeições diariamente.


Sopa da pedra

sopa-da-pedra

Ingredientes
1kg feijão vermelho
1 orelha de porco
1 chouriço de carne
1 morcela
200g toucinho
2 cebolas
2 dentes de alho
700g batatas
1 molho de coentros
Sal, louro e pimenta a gosto
2,5l de água

Modo de preparação

  1. Comece por demolhar o feijão em água de um dia para o outro.
  2. Também no dia anterior, escalde e raspe bem a orelha de porco de modo a ficar bem limpa.
  3. No dia seguinte, leve ao lume a água com o feijão, a orelha, os enchidos, o toucinho, as cebolas, os dentes de alho e o louro.
  4. Tempere com sal e pimenta e, se achar necessário, acrescente mais água.
  5. Quando as carnes estiverem cozidas, retire-as da panela e parta-as em pedaços. Reserve.
  6. Na panela, junte as batatas cortadas em cubos e os coentros picados.
  7. Deixe cozinhar até a batata estar cozida.
  8. Retire a panela do lume e junte as carnes reservadas.
  9. Na terrina de servir a sopa coloque uma pedra bem lavada no fundo.

Esta receita tradicional de sopa da pedra é baseada nas informações divulgadas na página da Câmara Municipal de Almeirim.

Experimente já este prato de história original e tradicional e descubra como uma lenda se transformou numa receita nutritiva e deliciosa.

Veja também: