Soprar ao balão: o que saber

Alguma vez teve de soprar ao balão? Sabia que é obrigatório, mas que pode pedir uma contraprova caso não concorde com os resultados?

Soprar ao balão: o que saber
Vale sempre a pena saber com o que contar.

Há condutores que pensam que podem conduzir embriagados sem qualquer problema, e de modo a apanhar tais condutores, as autoridades competentes fazem-nos soprar ao balão para verificarem se estes estão dentro do limite legal de álcool no sangue. No entanto o procedimento não é à prova de bala, e para evitar erros e inconvenientes, falamos aqui sobre o que precisa de saber.
 

É obrigatório fazer o teste

Depois de ser mandado parar, as autoridades poder-lhe-ão pedir para soprar ao balão de modo a verificar o nível de álcool que tem no sangue, o que permite ver se andou a beber demasiado ou se apenas provou o vinho ao jantar.

O teste deve sempre ser feito, mesmo que não concorde com o procedimento do agente, ou que fique indignado com o pedido. Recusar fazer o teste constitui um crime de desobediência, pois indica que tem algo a esconder.

A recusa apenas faz com que tenha mais problemas, e caso queira apresentar queixa ou pedir contraprova deverá fazê-lo após soprar ao balão. Nestes casos, o crime de desobediência pode ser punido com pena de prisão até um ano.

 

E se não concordar com o resultado?

Depois de soprar ao balão pode não concordar com o resultado obtido, e nesse caso tem direito a uma contraprova, que será feita através de um aparelho mais preciso, ou no hospital num teste feito ao sangue.

Note que estes testes costumam ser mais certeiros, e se realmente andou a beber o mais provável é o volume aumentar com estes, em vez de diminuir. No entanto, se só tiver bebido água pode esclarecer a situação com esta contraprova.

A contraprova deve ser pedida no local, e não a deve pedir apenas para perder tempo. Se os resultados da contraprova mostrarem que esteve a beber demasiado, então vai ter de pagar do seu bolso os custos associados à mesma.

 

Não vale a pena tentar enganar o balão

Muitos automobilistas acreditam ser possível escapar ao teste com as mais variadas manhas, desde a de meter moedas na boca até à de soprar devagar. A verdade é que nenhuma destas teorias resulta, como foi provado no programa de televisão MyhBusters. 

De fato, estes truques podem acabar por ser também vistos como crime de desobediência. A única forma de escapar ao balão é ao beber água em vez de álcool. Ao conduzir alcoolizado está a pôr em risco tanto a sua vida como a dos outros. Se beber: chame um táxi, telefone a um amigo ou vá a pé, mas não conduza.
Aproveite a promoção de Seguro Automóvel LOGO - Faça a simulação sem qualquer compromisso >>
Veja também: