8 passos essenciais para superar o jet lag

Já sentiu o efeito devastador de atravessar diferentes fusos horários? Não se preocupe mais: descubra aqui 8 passos infalíveis para superar o jet lag.  

8 passos essenciais para superar o jet lag
Saiba exatamente o que fazer antes, durante e depois da viagem.

Qualquer pessoa que tenha o hábito de viajar, reconhece a importância de saber como superar o jet lag. Porquê? Porque quando o corpo humano atravessa diferentes fusos horários, a probabilidade é que sofra alguns sintomas devastadores, como fadiga, stress, confusão mental e perdas de consciência, entre outros igualmente graves.

Não, não é muito agradável, mas não precisa de se preocupar mais: nós vamos ajudá-lo a minimizar o tempo que demora a acertar o seu relógio interno, assegurando um ajuste mais rápido e eficaz ao novo fuso horário em que se encontra. Para isso, só tem mesmo de seguir a nossa lista com os 8 passos essenciais para superar o jet lag.
 

8 dicas obrigatórias para superar o jet lag 

 

Ainda em casa

1. Ajuste as rotinas
Se for viável, uns dias antes de viajar, tente ajustar gradualmente os seus horários aos do local de destino – ex.: indo para a cama e fazendo as refeições mais cedo ou mais tarde, conforme o fuso horário em que vai entrar. Aqui, a ideia é superar o jet lag, mantendo-se um passo “à frente” e preparando o corpo para os efeitos que pretende evitar.

2. Acerte os sonos
Antes de viajar, assegure-se de que tem as horas de sono em dia e que está perfeitamente relaxado. O que se pretende é que, uma vez no destino, se consiga manter acordado até à hora de dormir local. Nota: nada de sestas logo à chegada, uma vez que estas só prejudicam o acertar de horários que se deseja.

 

Durante a viagem

3. Assegure um período de descanso tranquilo
Dormir durante o voo pode ajudá-lo a regularizar os horários, ajustando-os aos do destino. Se for o caso, prepare-se para um belo sono, assegurando a presença de almofada, manta, tampões para os ouvidos e máscara para os olhos. Se preferir, pode substituir os tampões por headphones com uma música calma relaxante.

4. Tenha atenção aos medicamentos
Nós não sugerimos medicamentos químicos para adormecer, uma vez que podem causar adição e não ajudam o seu corpo a ajustar-se naturalmente a novos padrões de sono. No entanto, muita gente usa a melatonina, uma hormona que se forma no corpo durante a noite, para conseguir superar o jet lag de forma eficaz. Consulte com o seu médico e decida se se adequa a si.

5. Beba muita água
A desidratação pode intensificar todos os assustadores sintomas do jet lag, pelo que é absolutamente essencial que se mantenha hidratado. Outra recomendação importante é que se afaste de bebidas que possam perturbar o sono, como as alcoólicas ou que possuam cafeína.

 

Já no destino

6. Durma o máximo possível
Uma vez no destino, procure dormir o mesmo número de horas que dorme em casa. Para se adaptar ao novo fuso horário, terá de dormir no mínimo 4 horas durante a noite e, se necessário, compensar com pequenas sestas durante o dia. Sempre que se sentir a vacilar, insista: vai valer a pena.

7. Exponha-se ao sol e à luz
Um dos principais fatores para acertar o relógio interno do corpo é expô-lo ao ciclo da luz e escuridão, pelo que, uma vez no local de destino, é essencial que passeie ao ar livre, apanhando sol e encarando a luminosidade. A ideia é que se mantenha fresco e revigorado, evitando deitar-se antes da sua hora habitual.

8. Recorra ao óleo de alfazema
Segundo a aromoterapia, este óleo funciona como uma espécie de sedativo, promovendo sonos prolongados e deixando as pessoas bastante relaxadas durante o dia. Não há como experimentar e verificar se os efeitos publicitados são mesmo verdadeiros: coloque uma gotinhas nas almofadas do hotel em que ficar e descontraia, partindo em direção à terra dos sonhos.


Como pode verificar, superar o jet lag não é propriamente um processo fácil, mas vale mesmo a pena tentar. Estamos certos de que a nossa pequena lista lhe vai prestar uma ajuda incomparável: na sua próxima deslocação, experimente e depois diga-nos como correu. Boas viagens e muito bom sono!


Veja também: