TAEG do crédito pessoal tem vindo a cair

Se está a pensar pedir ou se já tem um crédito pessoal, é fundamental manter-se informado sobre as taxas máximas que podem ser cobradas. Fique atento.

TAEG do crédito pessoal tem vindo a cair
Já sabe quais as novas taxas aplicadas ao crédito pessoal?
  • As taxas têm vindo a cair no último trimestre

Pedir um crédito pessoal pode ser motivado por diversos factores. Porque precisamos de obras em casa, de viajar, de estudar, de comprar um novo electrodoméstico... enfim, a verdade é que são inúmeras as razões que levam as pessoas a pedir um crédito pessoal. Há cada vez mais consumidores  a fazê-lo, mas antes de se aventurar, convém ter em atenção tudo aquilo que está inerente a este empréstimo.

 

Taxas máximas que podem ser cobradas

Se já tem um crédito pessoal ou se está a pensar em fazer um, saiba que o Banco de Portugal divulga todos os anos as taxas máximas que podem ser cobradas no crédito ao consumo. São divulgadas as taxas anuais de encargos efectivos globais (TAEG) máximas que podem ser cobradas pelas instituições financeiras, sendo aplicadas a várias finalidades de empréstimo e por isso também ao crédito pessoal.

 

O que mudou?

Para o próximo trimestre, o Banco de Portugal assume que entre Outubro de Dezembro a tendência na maioria das finalidades de crédito foi de queda.

 

TAEG máxima para o Crédito Pessoal

Se pedir ou tiver um crédito pessoal para fins como educação, saúde, energias renováveis e locação financeira de equipamentos, saiba que a TAEG máxima que vai ser aplicada, caiu para 5,9%. Os restantes créditos pessoais que não tenham uma finalidade específica, a taxa recuou para 18,1%.

 

Saiba também que...

• Foi introduzido um limite adicional para a TAEG máxima de qualquer segmento igual à TAEG media do Mercado acrescida de 50%;

 

• Mesmo que as taxas não superem o limite definido inicialmente, não podem ser superiores em 50% à TAEG média do trimestre anterior.

 

Em suma, é importante referir que todas estas questões poderão ser absolutamente fundamentais na gestão do seu crédito pessoal.

 


Veja também: