Tarifas de eletricidade: qual a melhor?

Atualmente são várias as operadoras e tarifas de eletricidade ao seu dispor. Deixamos-lhe algumas dicas para escolher a mais adequada para si.

Tarifas de eletricidade: qual a melhor?
Tem um serviço de eletricidade à medida das suas necessidades?

Longe vão os tempos em que o serviço de eletricidade se limitava a uma única operadora e em que a escolha relativamente à tarifa passava por pagar a conta no fim do mês. Graças à liberalização do mercado de eletricidade em Portugal, atualmente os consumidores têm um leque alargado de operadores e tarifas de eletricidade e podem (ou mesmo devem) escolher aquela que melhor se adequa às suas necessidades e consumos.
 
A medida não é nova. Na realidade, a liberalização do mercado está em andamento desde o ano 2000, mas só em 2014 começou a ser percetível no mercado nacional. 2015 foi o ano em que o processo entrou na reta final com a extinção das tarifas reguladas.
 
Mas como sempre quando há muita escolha a decisão torna-se mais difícil. Se é o seu caso, relaxe. Vamos deixar algumas dicas que o podem ajudar.

Que operadoras?

Graças à liberalização do mercado da eletricidade, a EDP - Energias de Portugal deixou de ter o monopólio deste serviço e entraram em “jogo” novos operadores. Atualmente, os consumidores têm ao seu dispor várias empresas:
  • EDP
  • Galp Energia
  • EGL Energía Iberia S.L.
  • Endesa – Endesa Energia Sucursal Portugal
  • Iberdrola Generación
  • Nexus Energia
  • Gás Natural Fenosa
  • Energia Simples
 

Que tarifas de eletricidade?

Esta é a grande vantagem da liberalização do mercado elétrico em Portugal: a possibilidade de optar por diferentes tarifas de eletricidade.
 
Com a abertura do mercado a novos operadores veio também a possibilidade de oferecer novas tarifas. Atualmente pode optar por tarifas Simples, Bi-Horárias ou Tri-Horárias. Parece-lhe complicado? Nós ajudamos.
 

1. Tarifas simples

Caracterizam-se por ter um único preço de energia, que se aplica a qualquer hora do dia.
 

2. Tarifas Bi-horárias

Neste caso, os seus consumos elétricos serão taxados de acordo com dois preços de energia, dependendo do período horário. Os preços são diferenciados por “período de vazio” (que corresponde ao período noturno e com preços mais baixos) e “período fora-de-vazio” (contabilizado durante o dia e cm preços mais elevados).
 

3. Tarifas Tri-horárias

Se na anterior se definem dois períodos de taxação, neste caso são três, denominados por “período de ponta”, “período de cheia” e “período de vazio”. Neste caso os preços aplicados variam não só consoante o horário de utilização, mas também de acordo com as estações do ano e a consequentes necessidades.
 

Qual escolher?

Cada uma das tarifas referidas tem as vantagens, que serão tanto melhores quanto mais adequadas às suas necessidades específicas.
 
Se ainda não decidiu, não se precipite. É fundamental que antes de optar por um operador ou tarifa de eletricidade se informe e faça a sua escolha de forma ponderada. Antes de decidir estude as várias opções ao seu dispor e compare as diferentes propostas. Tenha especial atenção ao seu histórico de consumo e as condições oferecidas pelo operador.

Veja também qual a opção de energias renováveis mais adequada ao seu caso e comece já a poupar. 
 
Saiba que, atualmente, existem já algumas empresas que se dedicam a apoiar a tomada de decisão dos consumidores, para uma poupança efetiva. A LojaLuz é uma delas. No site lojaluz.com poderá encontrar resposta a todas as dúvidas sobre o seu consumo de eletricidade e poderá também comparar todas as tarifas para escolher a mais económica.
 

Veja também: