Publicidade:

Técnicas de criatividade: 5 métodos que precisa de conhecer

As técnicas de criatividade são métodos que pode utilizar para treinar e desenvolver o seu pensamento criativo. Saiba como exercitar a mente.

Técnicas de criatividade: 5 métodos que precisa de conhecer
Desenvolva o seu pensamento criativo

As técnicas de criatividade são úteis para desenvolver o pensamento criativo. Apesar de algumas pessoas serem mais criativas que outras, a criatividade não é meramente um talento inato. É também uma competência que, tal como outras, pode ser treinada e desenvolvida – e que, cada vez mais, é valorizada em qualquer currículo.

Aprender a ser criativo implica a utilização, na prática, de diversas técnicas de criatividade. Conheça os melhores exemplos.

5 técnicas de criatividade para começar a praticar já


tecnicas de criatividade

1. Brainstorming

Esta é uma das técnicas de criatividade mais conhecidas e, também, mais eficaz – principalmente se precisar de respostas rápidas sobre questões relativamente simples.

Nas sessões de brainstorming, há um líder que prepara e organiza a sessão, definindo os seus objetivos, e reúne com um grupo de pessoas. A sessão divide-se pela fase de abertura, produção de ideias, avaliação de ideias, eliminação de ideias e, por fim, o registo das ideias finais com as respetivas prioridades e formas de implementação.

2. 7 x 7

Esta técnica parte de um grande número de ideias sobre um determinado objetivo, geradas de forma não estruturada que, depois de recolhidas, são definidas e ordenadas através do seguinte processo:

  1. agrupar as ideias semelhantes;
  2. eliminar as ideias inúteis ou não exequíveis;
  3. alterar ideias, acrescentando elementos relevantes;
  4. separar as ideias que não adequadas no momento, ainda que relevantes para o objetivo;
  5. rever as ideias já ordenadas para ver se outras são geradas;
  6. dividir as ideias em 7 grupos, com base na sua semelhança ou afinidade;
  7. ordenar as ideias principais, por ordem decrescente de utilidade ou de importância, e colocá-las em 7 linhas de uma matriz;
  8. atribuir um título a cada uma das 7 colunas que reflita a ideia principal;
  9. ordenar as colunas, colocando a mais importante ou a mais urgente à esquerda.

3. Associação de ideias

Libertar a sua mente permite que faça associações livres de palavras, conceitos e objetos – o que pode resultar em rasgos de criatividade. Experimente!

4. Brainwriting

Esta técnica é a versão silenciosa do brainstorming que, ao retirar a interação verbal, elimina a possibilidade do líder do grupo favorecer determinados participantes mais ativos e extrovertidos.

Aqui, todos os participantes podem ter ideias simultaneamente e desenvolver as ideias geradas pelos outros participantes. O tema central continua a ser identificado pelo líder da sessão, mas cada participante escreve a sua ideia num papel que depois irá passar à pessoa sentada a seu lado. No final, as ideias são registadas num quadro e inicia-se a discussão de grupo para eliminar as ideias inúteis e escolher as melhores.

5. Intuição consciente

Esta é uma das técnicas de criatividade que poderá praticar sozinho. A filosofia a seguir é que a resposta está no nosso consciente, basta relaxar para esta se revelar. Os dois métodos mais utilizados nesta técnica são a visualização e a imaginação.

Para a primeira, feche os olhos e tente visualizar o problema, imagine as possíveis soluções ao mais ínfimo pormenor. Normalmente, a solução do problema surge intuitivamente.

Para a segunda, feche os olhos, concentre-se no problema e imagine os possíveis cenários de resolução. Abra os olhos e aponte o que imaginou. No meio de todas as imagens e detalhes pode estar a resposta que procura.

Preparado para ser mais criativo?

Veja também: