Tem a certeza de que é mesmo uma “Promoção”?

“Que bom preço! Com este desconto, vou levar 4 ou 5…". Pois. Pode muito bem estar a ser enganado, se não tiver o cuidado de fazer as contas antes de meter as coisas no carrinho.

Tem a certeza de que é mesmo uma “Promoção”?
50% de desconto! 60% de desconto!

Não se esqueça que o Marketing e a Publicidade têm por objetivo levá-lo a comprar por impulso. Tenho quase a certeza de que já lhe aconteceu comprar um produto em promoção e depois ir a outra loja concorrente e encontrar exatamente o mesmo produto mais barato e sem estar em promoção. Estou farto de encontrar exemplos assim.

Há situações em que os preços aumentam bastante antes das promoções, para que com o desconto acabe por ficar mais ou menos no preço que “eles” querem.

Posto isto, faz muito bem em aproveitar as promoções, mas o segredo para realmente poupar com elas é ter sempre consciência do preço “normal” do que habitualmente compra. Assim nunca é enganado com promoções por mais espetaculares que possam parecer.

O segredo é o preço por dose/quilo/litro

Refiro-me à técnica de  calcular o preço por dose antes de comprar. Vou dar como exemplo os detergentes.

detergente

Há consumidores que ficam muito contentes quando encontram promoções de 50% nos detergentes (seja para roupa, louça ou outros). As empresas já perceberam que já só vendem quando fazem promoções de 50%. Não fiz a conta a nenhum caso concreto, mas não me admirava nada se descobrisse que os detergentes (no preço original – antes de promoções – tivessem aumentado bastante nos últimos anos). Não tenho como recuar tanto no passado. Se alguém tiver esses dados gostava de os analisar com detalhe.

Mas voltando à nossa poupança, para os “smart shopers”, 50% de desconto não é suficiente para irem a correr comprá-los. O preço normal dos detergentes (roupa e loiça) muitas vezes é de 0,25, 0,35 ou 0,40€ por dose. Ou seja, a 50% fica a 0,12, 0,16 ou 0,20 cêntimos a dose. É ainda muito caro.

Como já repararam, em todos os super e hipermercados eles são obrigados a colocar nas etiquetas essa informação. É muito útil na altura de escolher. Aliás é a única forma sensata de fazer compras.

Quem já percebeu como funcionam as acumulações das promoções diretas com cupões de descontos e vales das marcas (quando os há), não compra nenhum detergente a mais de 0,08€ a dose e compra embalagens para 1 ano quando consegue a 0,05€/dose. Sim, é possível. Já o fiz várias vezes.

No ano passado, comprei detergentes para mais de um ano para a roupa, de uma marca muito conhecida. Em 2017 não preciso comprar detergentes para a roupa.

Já antes me tinha abastecido também para vários meses de detergente para a máquina da loiça. Como?

Como comprei detergente para o ano todo

Recebi em casa, como centenas de milhares de portugueses, um cupão de um hipermercado com 25% de desconto em cartão em detergentes para máquina de loiça. O segredo está em não o usar logo. Bastou aguardar por uma promoção de 50% numa marca específica de detergentes para juntar o dito cupão. Passa a 75% (se o desconto dos 50% também for para o cartão; se for um desconto de 50% direto o desconto dos 25% é sobre metade do valor e isso reduz o valor do desconto real para 62,5%). Com esta acumulação simples o preço ronda os tais 0,08 €/dose.

Nos hipermercados que não usam descontos em cartão por vezes fazem descontos de 60% diretos ou mais. Isso não quer dizer nada. Para saber se é uma promoção “real” ou não, o que conta é o preço por dose. Mais de 0,08€/dose não é uma boa promoção.

Mas a poupança pode ser ainda maior

Algumas marcas de vez em quando oferecem vales de desconto aos seus “fans” no facebook ou em algumas páginas para descontar nas marcas deles.

Se juntar as 3 acumulações consegue os tais 0,05€/dose, no caso dos detergentes (desconto na loja para todos + cupão que talvez tenha para esse produto específico + vale de fornecedor). Pode entregar tudo na caixa de pagamento e só têm de aceitar. Se não aceitarem, faça uma reclamação. Mas, leia bem todas as condições dos cupões antes e certifique-se de que preenche todos os requisitos. Uma vez reclamei e afinal não tinha razão porque usei o cupão numa embalagem de 400g e afinal o desconto era só na de 500g.

Em resumo, com algum trabalho e algumas contas pode poupar bastante quando encontra estas oportunidades. Conheço pessoas que passado um ano e meio ainda estão a consumir detergentes que compraram quase de “graça”. E, como sabe, sem descontos são caríssimos.

Fixe: Detergentes nunca compre a mais de 0,08€/dose, a menos que esteja mesmo a precisar. E quando encontrar a 0,05€ (com acumulações) compre para 1 ano ou mais. Os meus nunca se estragaram.

Se aplicar este critério (preço por dose mais baixo) a todas as suas compras vai notar a diferença na sua carteira.

Uma última dica: Tenho no “bloco de notas” no telemóvel sempre comigo uma lista dos melhores preços que já consegui em cada produto que consumimos habitualmente lá em casa. Por exemplo sei que já comprei manteiga a 0,67€, Vaqueiro 1 Kg a 0,98€, óleo de fritar 1 litro a 0,71€, uma dúzia de ovos XL a 0,82€, cerveja a 0,28€/garrafa, etc, etc.

Assim, quando vejo uma boa promoção vou ao meu “arquivo” e comparo com a melhor promoção que já encontrei. E decido se compro ou não. E não me deixo “enganar” com promoções.

Veja também:

Pedro Andersson Pedro Andersson

Pedro Andersson é jornalista e responsável pela rubrica Contas-poupança, no Jornal da Noite da SIC. Trata semanalmente de temas ligados às finanças pessoais, poupança e direitos dos consumidores. Trabalhou na Rádio TSF, até ser convidado para ser um dos jornalistas fundadores da SIC Notícias. Escreve também regularmente no Expresso e na Visão sobre temas de poupança.