8 razões pelas quais Tenerife é um tesouro a conhecer o quanto antes

Já foi a Tenerife? A maior ilha das Canárias é um excelente destino de férias. Neste artigo, damos-lhe ótimos razões para viajar até lá.

8 razões pelas quais Tenerife é um tesouro a conhecer o quanto antes
Uma ilha cheia de atrativos

Com a mais alta montanha de Espanha a dominar a sua paisagem, Tenerife recebe os cerca de dez milhões de visitantes anuais de braços abertos. De facto, a hospitalidade é uma das razões pelas quais a maior ilha do arquipélago das Canárias é um tesouro que vale a pena conhecer.

Mas Tenerife, situada a poucos quilómetros da costa marroquina e cujo clima é influenciado pela meteorologia agradável desta zona de África, tem muito mais para oferecer, desde logo as ótimas praias. Uma terra de contrastes e segredos, que desvendamos nas linhas que se seguem.

8 bons motivos para escolher Tenerife na sua próxima viagem

O vulcão Teide


Teleférico do Teide

Sobrevoá-la de teleférico é uma das experiências que pode viver junto da mais alta montanha de Espanha. Trata-se de uma formação vulcânica com 3718 metros de altitude, cujas erupções marcaram de forma indelével a paisagem de Tenerife.

Parque del Teide

O Parque Nacional do Teide, que engloba o vulcão e toda a área circundante, é uma das maravilhas naturais da ilha, classificado como Património da Humanidade. Para além do inesquecível passeio de teleférico, poderá fazer caminhadas pelas rotas assinaladas e contactar de forma privilegiada com este cenário cinematográfico.

Rochedo Cinchado e Teide

As subidas ao topo estão restringidas por questões ambientais, mas são possíveis mediante uma autorização por parte da administração do Parque.

O Parque Rural de Anaga


Floresta, Parque Rural de Anaga, Tenerife

Tenerife é uma ilha bastante rica em termos de natureza. Um dos melhores exemplos da diversidade e da beleza das suas fauna e flora é o Parque Rural de Anaga. Situado no nordeste da ilha, surpreende pelo conjunto de elementos naturais, desde os cumes dos montes aos bosques frondosos e aos rochedos imponentes.

Miradouro Parque Rural de Anaga

São 14 mil e 400 hectares de Reserva da Biosfera para descobrir sem pressas, respirando fundo, e de olhos bem abertos, nos vários miradouros à disposição, como o Mirador de Jardina, Cruz del Carmen ou o Pico del Inglés.

Outro atrativo são as pequenas aldeias espalhadas pela região, bem como as praias – mais agrestes e menos frequentadas que as mais conhecidas, mas não menos apetecíveis, como é o caso da Praia del Benijo ou del Roque de las Bodegas.

Férias em Tenerife? Consulte os programas e preços da TopAtlântico

As praias para todos os gostos


Playa de Las Teresitas, Tenerife

E por falar em praias, estas, aliadas ao clima agradável durante todo o ano, são um dos grandes chamarizes de Tenerife. Mas sendo uma ilha vulcânica, será que todas as praias são de areia negra? Não! A praia de Las Teresitas, a praia de Troya, a de Los Cristianos ou a de Las Américas, por exemplo, oferecem areais dourados.

Playa Los Cristianos, Tenerife

Outras praias a visitar: a escondida e de difícil acesso praia de Masca; a praia de Los Gigantes, com as suas arribas proeminentes que chegam a ter 600 metros de altura; a pequena e isolada praia de areia negra de Bollullo, ou a praia de Los Realejos, também de areia negra e muito apreciada pelos surfistas.

Playa Benijo, Tenerife

A gruta del Viento


Cueva del Viento, TenerifeFonte da imagem: cuevadelviento.net

Esta gruta natural foi formada há 27 mil anos, por força da erupção do vulcão Pico Viejo, e constitui o quinto maior “tubo” vulcânico do mundo, com 18 km de comprimento estudados até ao momento e uma rede de estruturas subterrâneas única no mundo. O seu nome deve-se às correntes de ar que se formam no seu interior.

Cueva del Viento, TenerifeFonte da imagem: cuevadelviento.net

É possível visitar a Cueva del Viento e saber mais sobre a fauna incrível deste local, onde foram descobertas 44 espécies de troglóbias, ou seja, que sofreram transformações para se adaptarem à vida na caverna, bem como fósseis de animais já extintos como a ratazana e o lagarto gigantes.

O Parque del Drago


Dragoeiro milenar, Tenerife

A árvore mais famosa da Tenerife é uma das mais antigas do mundo, julgando-se que será um dos seres vivos mais velhos do planeta. É um exemplar da espécie dracaena draco, ou seja, um dragoeiro, ou “drago” em castelhano, e pode ser contemplada no município de Icod de Los Vinos.

Com mais de 1000 anos de idade, apresenta 16 metros de altura e uma base com 20 metros de perímetro. Os troncos fibrosos e os ramos que fazem lembrar braços e mãos sustendo as copas cerradas, fizeram destas árvores material de inspiração para muitos filmes.

Parque del Drago, Tenerife

O “drago milenário” de Tenerife é um dos ex-libris da ilha e até teve direito a figurar em notas de mil da antiga moeda espanhola. É monumento nacional desde 1917. À sua volta foi criada uma zona verde de três hectares – o Parque del Drago – que é possível percorrer na companhia de um guia, de forma a saber mais sobre o património natural de Tenerife.

O Carnaval de Santa Cruz de Tenerife


Carnaval, Tenerife

Na maior das ilhas das Canárias, as festas e as datas importantes são a condizer: celebradas em grande. O Carnaval é das épocas mais animadas de Tenerife e são muitos os que afirmam que este é o segundo maior do mundo, superando o de Veneza, por exemplo.

Verdade ou não, o certo é que Santa Cruz de Tenerife, a capital da ilha, é geminada com a cidade do Rio de Janeiro, devido ao Carnaval. É oficialmente uma “Festa de Interesse Turístico Internacional”, tem todos os anos um tema diferente, e atrai milhões de visitantes a cada edição.

Carnaval de Tenerife

Se visitar Tenerife por esta altura, deixe-se encantar pelas “cabalgatas” (desfiles), pela eleição da Rainha do Carnaval, pelo concurso de “murgas” (grupos de música satíricos) e por muitas outras iniciativas que fazem a ilha vibrar ainda mais por estes dias.

A cidade de San Cristobal de La Laguna


San Cristobal de La Laguna, Tenerife

Há muitas vilas e aldeias pitorescas espalhadas por Tenerife que convidam a um passeio de descoberta, mas não precisa de se afastar muito da capital para encontrar uma povoação encantadora. Falamos de San Cristobal de La Laguna, uma cidade histórica, cujo bairro colonial é Património da Humanidade.

San Cristobal de La Laguna, Tenerife

Na verdade, San Cristobal de La laguna foi a primeira cidade colonial não muralhada do mundo, possuindo um traçado ao estilo do Renascimento, datado do século XVI. Não deixe de percorrer as ruas empedradas e admirar as muitas casas senhoriais, as igrejas e outros edifícios de elevado interesse histórico, exemplarmente conservadas.

Antiga capital da ilha, San Cristobal é hoje a segunda maior cidade de Tenerife, com uma longa tradição universitária. Para além do ambiente citadino, esta é uma região com muitos atrativos naturais, desde logo o já referido Parque Rural de Anaga e os seus miradouros imperdíveis.

O gofio canário


Papas de gofio, Tenerife

Por fim, nesta lista de razões pelas quais deve visitar Tenerife, não podia faltar a componente gastronómica. Afinal, quem não gosta de juntar a boa comida a uns dias de descanso e lazer? E se há vários pratos e ingredientes que caracterizam a cozinha da ilha ou, de uma maneira mais lata, a cozinha das Canárias, destacamos o “gofio”.

O “gofio” é uma farinha de cereais torrados, nomeadamente de milho, com grande valor nutritivo. Esta técnica de tostar e moer em pedra os cereais foi levada para a ilha pelos povos indígenas vindos da América do Sul, e com esta farinha são feitos muitos dos pratos tradicionais, existindo mesmo a Denominação de Origem “Gofio Canário”.

Pão de gofio com queijo e figos

Pão e papas são algumas das utilizações do “gofio”. Outros ingredientes-chave da cozinha da ilha são as bananas, o tomate, a batata, o atum, o chicharro, a cavala – é comum cozinhar estes dois últimos peixes em escabeche – o cabrito e o coelho, entre outros. Em Tenerife produzem-se ainda mel, queijos e vinhos.

Descubra Tenerife com a TopAtlântico! Saiba tudo sobre os programas de férias nesta ilha das Canárias.

Veja também: