Dicas essenciais para ter plantas na cozinha

Plantas na cozinha: não sabe quais são as melhores opções nem como as deve cuidar? Temos cinco sugestões e as melhores dicas para as tratar.

Dicas essenciais para ter plantas na cozinha
Saiba como ter uma cozinha mais verde

Ter plantas na cozinha é uma excelente ideia! Assim de repente, a primeira opção que lhe ocorre são as ervas aromáticas, certo? Mas há muito mais plantas que pode ter na sua cozinha que, além de deixar o espaço mais bonito e agradável, purificam o ar e reduzem a quantidade de pó. Como, normalmente, são espaços arejados, são os locais perfeitos para ter plantas.
 

Plantas na cozinha: as melhores opções

Neste caso, depende do quanto gosta de plantas e da disponibilidade que tem para as cuidar mas, para simplificar, deixamos algums sugestões de plantas que precisam de pouco ou nenhum cuidado para embelezar a sua cozinha.
  • Cato: se cuidar de plantas não é a sua especialidade mas quer plantas na cozinha, esta é a melhor opção. Precisam apenas de água e nada mais.
  • Aloé vera: resistente, com longa vida e excelentes propriedades para cuidar da pele (feridas, queimaduras ou reações a vacinas, por exemplo). Precisa de luz mas não direta e não gosta muito de frio.
  • Cóleus: para dar um toque de cor à sua cozinha, com folhas verdes, vermelhas, em tons castanhos ou rosa. É ideal para espaços bem iluminados mas não gosta de muito calor.
  • Ervas aromáticas: hortelã, manjericão, cebolinho, alecrim, coentros, salsa, enfim, o que preferir. Porém, as aromáticas precisam de alguns cuidados especiais que explicamos melhor no ponto abaixo.
  • Epipremnum aureum: também conhecida como “jiboia” é uma planta muito comum nas casas portuguesas. É resistente mas gosta de luz, de espaço e precisa de pulverização frequente.


Como cuidar das plantas na cozinha?

Qualquer planta exige os mesmos cuidados básicos: rega e limpeza. Amíude, retire as folhas secas das suas plantas e, para além disso, a rega é essencial mas esqueça a obrigatoriedade de regar uma ou duas vezes por semana. A única forma de saber quando regar as plantas na cozinha é sentindo a terra: se estiver seca, está na hora de regar.

No que diz respeito às aromáticas, as coisas são ligeiramente diferentes. Para começar, as ervas aromáticas não podem estar expostas ao sol. Tenha-as num sítio com luz, longe de correntes de ar e com poucas horas de sol direto. Depois, corte as plantas por cima (exceto o cebolinho) e, de preferência, faça-o à mão. Quanto à rega, há ainda alguns cuidados extra. Tome nota:
  • nunca regue a planta por cima
  • regue a partir da base com a ajuda de um prato
  • regue várias vezes, com pouca água - no verão pode ser necessário regar todos os dias, no inverno, pode bastar uma vez por semana
  • não deixe água na base e volte a regar apenas quando a terra estiver seca 
  • mantenha a terra húmida mas não excessivamente; o excesso de água é uma das causa da morte das plantas.

Ter plantas na cozinha é mais simples do que à partida pode parecer. Precisa apenas de alguns cuidados básicos e as suas plantas vão viver bonitas e saudáveis por muito tempo. 

Veja também: