Terçolho: tudo o que precisa de saber

Sente um ligeiro inchaço nos olhos? Cuidado, pode ser um terçolho. Saiba quais são os sintomas, as causas, e qual o melhor tratamento.

Terçolho: tudo o que precisa de saber
O terçolho é normalmente um abcesso avermelhado e doloroso

Um hordéolo, conhecido também por terçolho, é uma infeção causada por uma bactéria chamada estafilococo. Atinge, na maioria dos casos, as pálpebras, pois resulta de uma obstrução e acumulação de líquido de um dos canais das glândulas sebáceas, lá situadas.

Um terçolho pode ser interno ou externo, embora os externos sejam os que afetam um maior número de pessoas.

É uma infeção bastante frequente que afeta qualquer pessoa. Em muitos casos, está relacionada com inflamações crónicas nas pálpebras, como conjuntivites.

Uma má higiene, alergias e um sistema imunitário frágil são fatores que facilitam o aparecimento da doença.

Quais são os sintomas do terçolho?

Estes são os sintomas mais comuns da infeção:

  • Vermelhidão na pálpebra;
  • Abcesso doloroso e sensível;
  • Desconforto;
  • Pus amarelado na zona inchada;
  • Lacrimejo;
  • Comichão;
  • Sensibilidade à luz;
  • Criação de crosta próxima das pálpebras;
  • Sensação de corpo estranho no olho.

Como tratar um terçolho?

O terçolho é uma doença com cura, não contagiosa, que pode durar entre 3 a 30 dias.

Um dos cuidados a ter é o de manter a zona infetada limpa. Para além disso, deve-se evitar tocar, remover, ou espremer o líquido acumulado na pálpebra, para não a deformar ou alastrar a infeção.

Em alguns casos, não é necessário tratamento, pois o canal vai dilatando lentamente e desobstruindo. Nos casos em que é preciso tratamento, o E-Konomista deixa algumas dicas:

Faça compressas de água quente

Durante 10 a 15 minutos, ponha uma compressa de água quente sobre a zona infetada. Faça-o 4 vezes por dia. Isto vai ajudar a drenar o líquido, reduzindo o inchaço da pálpebra.

Aplique uma pomada

Pode sempre colocar uma pomada anti-inflamatória ou uma pomada com antibiótico.

No caso dos terçolhos internos, onde a infeção é mais profunda, o tratamento é complementado com antibióticos orais.

Não se esqueça de consultar o seu médico ou farmacêutico, antes de aplicar qualquer produto.

Cirurgia

Quando a drenagem não é feita de forma natural pode ser necessária uma incisão para expulsar o líquido acumulado. Estas intervenções são mais comuns nos terçolhos internos.

Antes de qualquer tratamento, lembre-se de limpar a zona infetada e de retirar o excesso de óleo produzido pela própria pele.

Como prevenir os terçolhos?

Existem alguns comportamentos que podem ajudá-lo a prevenir esta infeção:

  • Lave frequentemente as mãos;
  • Cumpra as regras de higiene no manuseamento das lentes de contacto;
  • Confirme se a sua maquilhagem se encontra dentro do prazo;
  • Remova sempre a maquilhagem antes de dormir;
  • Trate, corretamente, inflamações crónicas das pálpebras, se for o caso.

 

Veja também:

Ana Carolina Veríssimo Ana Carolina Veríssimo

Ana Carolina Veríssimo é redatora de conteúdos desde 2013. Formou-se em Jornalismo pela Universidade Nova de Lisboa. É apaixonada pelo jornalismo online e pelo marketing digital. Escreve sobre diversos temas, sobretudo tecnologia, saúde, lifestyle e televisão.