Teste do pezinho: tudo o que precisa de saber

Quer saber como e quando é feito o teste do pezinho? Saiba agora mais pormenores sobre este exame.

Teste do pezinho: tudo o que precisa de saber
Conheça todos os pormenores sobre este exame

Todos já ouvimos falar do teste do pezinho. Este é o nome vulgarmente atribuído ao Programa Nacional de Diagnóstico Precoce (PNDP), que é coordenado pelo Instituto Ricardo Jorge. O teste do pezinho é realizado desde 1979 e, atualmente, tem uma cobertura de quase 100% de todos os nascimentos em Portugal.

Para que serve o teste de pezinho?

O teste do pezinho serve para fazer o rastreio a diversas doenças graves logo nos primeiros dias de vida. Este exame consiste na colheita de algumas gotas de sangue no calcanhar do bebé (daí ser apelidado de teste do pezinho) e deve ser feito entre o terceiro e o sexto dia de vida do recém-nascido.

O teste do pezinho é bastante importante porque permite identificar e tratar precocemente algumas doenças que, de outra forma, dificilmente seriam diagnosticadas nas primeiras semanas de vida do recém-nascido.

Quais são as doenças identificadas com o teste do pezinho?

Atualmente, o teste do pezinho é capaz de identificar 24 doenças hereditárias do Metabolismo e Hipotiroidismo Congénito, estando a decorrer um estudo para a deteção precoce da Fibrose Quística.

pes bebe

O teste do pezinho é obrigatório?

Não, o teste do pezinho não é obrigatório mas, tendo em conta as respetivas vantagens para os bebés, é sempre aconselhado a todos os pais. O exame pode ser feito nas Maternidades, Hospitais ou Centros de Saúde e é totalmente gratuito.

Quando posso aceder aos resultados?

Os pais só são contactados caso os resultados apresentados não forem normais ou se for necessário efetuar outra confirmação laboratorial. Ainda assim, os pais podem aceder aos resultados através da Internet em www.diagnosticoprecoce.pt, sensivelmente três semanas depois da realização do teste do pezinho.

Para aceder aos resultados basta colocar o código que vem anexado à ficha do exame que é entregue na altura da colheita. Os resultados são apresentados segundo as denominações “Normal” ou “Em Curso”. Na mesma página pode, ainda, encontrar mais informações sobre todas as doenças rastreadas pelo teste do pezinho.

Número de testes do pezinho aumenta em 2016

O número de testes do pezinho aumento 3% em 2016, o que indica um aumento do número de nascimentos no nosso país.

Estes dados confirmam o aumento de testes do pezinho pelo terceiro ano consecutivo, sendo Lisboa o distrito com mais exames realizados, seguido do Porto, Setúbal, Braga, Aveiro e Faro. Por seu turno, Portalegre foi o distrito que realizou menos exames do género. Ao todo, foram realizados 87.577 testes do pezinho em Portugal no ano passado.

Veja também: