Teste o seu perfil de investidor

Numa altura em que as poupanças ganham uma grande importância, fazer bons investimentos pode ser uma tábua de salvação para agora e até para o futuro, para a sua reforma. Existem produtos financeiros para todos os tipos de investidores. Conhece o seu perfil de investidor?

Teste o seu perfil de investidor
Qual é o seu tipo de investidor?

Espaços coworking para pequenas empresas e freelancers

Poderá encontrar em vários sites, testes simples que o ajudarão a perceber qual o seu perfil de investidor e inclusive, alguns sugerem produtos financeiros para investir tendo em conta o seu perfil.
 
A idade é um importante factor que influencia o tipo de investimento, já que quanto mais nova é uma pessoa, mais tempo tem para investir e atingir os objectivos a que se propõe e portanto, por esse motivo, maior é o risco assumido.
 
Depois de reflectir sobre os hábitos de investimento que já tem, a perspectiva sobre quanto tempo pretende investir, sobre a quantidade do seu rendimento que é aplicado a produtos de investimento e até mesmo, a realização de algum teste de perfil de risco, vai perceber que se enquadra num destes três tipos de investidor:
 

Investidor conservador:

Este é o perfil da maioria dos portugueses. O objectivo é apenas preservar o capital investido, procurando portanto, investimentos de risco baixo, o que leva a uma consequente baixa rentabilidade. Este comportamento pode ser explicado pelas nacionalizações do 25 de Abril de 1974, investimentos falhados ou até aconselhamento financeiro errado. Saiba mais sobre alternativas de investimento para investidores conservadores.
 

Investidor moderado:

Este trata-se daquele investidor que tem alguns conhecimentos sobre aplicações financeiras, eventualmente, terá formação académica e está disposto a correr algum risco de forma a ver crescer no médio, longo prazo, o capital investido. Alguns dos produtos em que este investidor aplicará o seu dinheiro será no mercado imobiliário, em acções, em fundos de investimento e até na criação de negócio próprio.
 

Investidor agressivo:

Este assume total risco, expondo o seu capital ao máximo, estando muito bem informado acerca dos mercados financeiros e da sua volatilidade. De tal forma é que é bem capaz de investir em produtos que a maioria dos investidores nunca ouviu falar. Uma vez que investe em produtos financeiros de alto risco e alta rendibilidade, o seu património está muito sujeito a constantes variações.
 
O  risco está directamente relacionado com o valor que está disposto a perder, eventualmente, para atingir uma determinada rentabilidade. Quanto maior o risco, maior a rentabilidade. Uma boa forma de gerir o risco é diversificar a sua carteira de investimentos.
 
Veja também: