Tipos de cheques existentes

Os vários tipos de cheques existentes são muito comuns no dia-a-dia dos portugueses. Saiba quais as suas diferenças e como poderá utilizá-los.

Tipos de cheques existentes
Saiba que tipos de cheques existem e como podem ser utilizados
  • Os cheques ainda são muito utilizados pelos portugueses e existe mais do que uma modalidade

Ao contrário do que se pensa, os cheques são ainda uma forma de pagamento bastante utilizada nos dias que correm. Apesar de todas as modalidades de pagamento electrónico que estão disponíveis, ainda há quem prefira utilizar os cheques. No entanto, quantos tipos de cheques existem e qual a diferença entre eles? 
 

Tipos de cheques:

 

Cheque ao portador

O cheque ao portador é um tipo de cheque que é passado sem mencionar o nome de ninguém. Ou seja, são preenchidos todos os campos menos o nome da pessoa que o pode levantar. Este campo é preenchido posteriormente. Este é um cheque que requer algum cuidado a nível de segurança, uma vez que no caso de se perder, qualquer pessoa poderá levantar o montante que nele consta.
 

Cheque nominativo

É precisamente o contrário do cheque ao portador. Nestes tipos de cheques nominativos, o nome do portador é escrito por extenso, sendo que só aquela pessoa poderá levantar o montante indicado. Para tal, terá de identificar-se junto da entidade bancária.
 

Cheque cruzado

Estes tipos de cheques têm traçadas duas linhas que significam que o cheque tem de ser depositado obrigatoriamente. Assim sendo, não podem ser pagos em dinheiro ao balcão. 
 

Cheque não cruzado

Quanto recebemos um cheques não cruzado, sabemos desde logo que são cheques que podem ser pagos em dinheiro ao balcão de qualquer entidade bancária. No caso deste tipo de cheques não é obrigatório depositá-los.
 

Cheques pré-datados

É uma modalidade que já foi muito utilizada em tempos e que continua a dar que falar. Os cheques pré-datados são cheques passados com datas futuras, sendo que só podem ser depositados ou levantados nas respectivas datas indicadas. É uma forma de pagar determinada quantia em prestações ou atrasar o pagamento até os valores estarem disponíveis. 
 

Cheque bancário

Ao contrário de todos os outros cheques, este cheque é emitido pelo próprio banco. A emissão é feita sobre uma conta que esteja activa no respectivo banco e é passado a pedido do cliente para uma terceira pessoa. Este é um cheque nominativo que não poderá em nenhuma circunstância ser emitido ao portador e que pelo facto de ser passado por um banco, terá sempre cobertura. 
 
Veja também: