Tipos de Dívidas

Conheça quais os tipos de dívidas existentes. Saiba tudo o que precisa saber relativamente aos tipos de dívidas.

Tipos de Dívidas
Quais os tipos de dívidas existentes.

As dívidas sempre existiram, os tipos de dívidas e o número de endividados é que nunca foi tão expressivo como nos tempos mais recentes. A denominada sociedade de consumo, aguçou o seu “apetite” e necessidade de consumo com a facilidade, vigente durante anos, de conseguir crédito junto das entidades bancárias. Daí resultaram inúmeras famílias endividadas e sobre-endividadas que ficaram com compromissos em atraso e sofreram as consequências de não pagar os empréstimos. Conheça alguns dos tipos de dívidas mais comuns.
 
• Tipos de dívidas
 
- Dívidas com empréstimos de amigos ou familiares (informais). É dentro dos tipos de dívidas o mais antigo e consideram-se informais porque são dívidas a amigos ou familiares e que normalmente não estão associadas a um contrato nem incidem juros por atrasos. Aqui também se incluem os fiados a amigos ou pequeno comércio;
 
- Dívidas com garantias. São as dívidas com o crédito à habitação ou crédito automóvel, por exemplo, que se não forem pagas podem redundar na perda da casa ou automóvel. Quem deve aos bancos pode ver o seu nome incluído na lista negra do Banco de Portugal;
 
- Dívidas de serviços. Inserem-se neste tipo de dívidas a eletricidade, os telemóveis ou a água;
 
Quer saber mais?
Conheça as melhores soluções de crédito. Registe-se no E-Konomista. Diariamente, levamos até si a informação mais relevante.
- Dívidas sem garantias. Enquadram-se aqui, por exemplo, as dívidas com o cartão de crédito dos empréstimos pessoais e ao consumo;
 
- Dívidas fiscais. Dever ao fisco é também um dos tipos de dívidas mais comuns entre os portugueses. A “máquina fiscal” tem “mão pesada” no incumprimento do pagamento dos impostos dos contribuintes. O não pagamento pode resultar na inclusão na lista de devedores, cobrança coerciva e consequente penhora de bens;
 
- Dívidas à Segurança Social. Refere-se ao incumprimento das obrigações com a Segurança Social. Também aqui fica incluído numa lista de devedores e a não regularização pode resultar num processo executivo. O pagamento em prestações das dívidas à Segurança Social é uma das alternativas de regularização ao dispor dos devedores;
 
- Dívida pública. É um tipo de dívida muito discutida desde que “estalou” a crise económica no Ocidente, em geral, e da entrada da troika em Portugal, em particular, mesmo não sendo uma dívida diretamente ligada ao consumidor comum. A dívida pública é a dívida de um determinado Estado vencida em determinado prazo. Existem dois tipos de dívida pública, a externa (somatório das dívidas de empréstimos e financiamentos contraídas por um governo com entidades financeiras internacionais, em relação ao total da dívida pública) e a interna (com entidades financeiras do próprio país). 
Poupe até 60%, reduza as suas mensalidades com o crédito consolidado, saiba como.