5 tipos de dor de cabeça: o que são e como identificar

Costuma ter dores de cabeça? Conheça os diferentes tipos de dor de cabeça e saiba como agir em cada caso particular.

5 tipos de dor de cabeça: o que são e como identificar
Enxaqueca ou cefaleia? Conheça as diferenças

Enxaquecas, cefaleias, cefaleias de tensão, dor de cabeça em apenas um lado da cabeça ou em ambos. Conheça os diferentes tipos de dor de cabeça.

As dores de cabeça podem assumir contornos incapacitantes, sobretudo quando existe sensibilidade à luz ou ao ruído. Os medicamentos e espaços sossegados para repousar são alguns dos refúgios para controlar estas dores.

5 tipos de dor de cabeça

1. Enxaqueca

enxaqueca

Um dos tipos de dor de cabeça mais doloroso é a enxaqueca. Mais comum nas mulheres do que nos homens, as enxaquecas afetam um em cada sete adultos.

Os principais sintomas caraterizam-se por dores de cabeça intensa, com sensação de estar a latejar, sensibilidade à luz e ao ruído, enjoos e possíveis vómitos. Por norma, a dor incide mais sobre um dos lados da cabeça, sendo que os sintomas podem prolongar-se durante 3 dias.

Segundo a Sociedade Portuguesa de Cefaleias (SPC) os medicamentos a tomar para estes casos deverão ser à base de anti-inflamatórios ou analgésicos, como por exemplo ibuprofeno, aspirina ou paracetamol.

2. Cefaleia tipo tensão

Uma cefaleia distingue-se da enxaqueca essencialmente pelo facto de esta apresentar uma dor bilateral. Apesar de ser menos intensa, ainda assim pode prolongar-se mais no tempo, podendo manifestar-se diariamente. Isto é, dos diferentes tipos de dor de cabeça, a cefaleia tipo tensão é a mais comum.

É descrita como uma pressão na zona das têmporas, que se alastra à zona do pescoço e ombros, incidindo essencialmente no músculo do trapézio. Esta cefaleia, tal como o nome indica, carateriza-se sobretudo por tensão acumulada, que tanto pode ser de cariz emocional ou físico.

Uma das recomendações para ajudar no tratamento desta dor de cabeça pode ser através de medicamentos, anteriormente citados, ou então de atividades que o ajudem a relaxar, como por exemplo pilates.

3. Cefaleia em salvas

cefaleia em salvas

Também conhecida por cluster, uma vez que a sua localização é muito específica, mais precisamente atrás do olho. A cefaleia em salvas carateriza-se por uma dor unilateral. Mas, dos diferentes tipos de dor de cabeça esta é provavelmente a que provoca dores mais fortes, o que leva a que muitas vezes esta cefaleia seja confundida com enxaqueca.

As dores são de tal forma fortes que fazem com que muitas vezes as pessoas acordem a meio da noite. Outra das caraterísticas desta cefaleia é que atinge maioritariamente os homens.

Para além destas particularidades, existem ainda outros sintomas, entre os quais: vermelhidão no olho, olho a lacrimejar, pingo no nariz, e alguma agitação. Por todas estas particularidades, também o tratamento desta cefaleia é diferente. Uma das formas de aliviar os sintomas é recorrendo à inalação de oxigénio.

4. Cefaleia crónica diária

Tal como o nome indica, este é um dos tipos de dor de cabeça que pode ser considerado o mais doloroso, isto porque se pode manifestar durante 15 dias ou mais. No entanto, esta dor de cabeça pode ser resultado da cefaleia crónica e como consequência do uso recorrente de medicamentos.

Deste modo, o uso de medicamentos é ambíguo. Por um lado aliviam os sintomas da cefaleia, mas por outro lado estão a contribuir para agravar os sintomas.

5. Dor de cabeça de sinusite

dor de cabeça de sinusite

Um dos principais sintomas da sinusite é a dor de cabeça forte, dor esta que se prolonga até ao maxilar e à volta dos olhos, para além da caraterística primordial: a inflamação dos seios nasais.

Os sintomas são bastante incómodos, podendo evoluir para uma sinusite crónica ou recorrente, podendo prolongar-se até 10 dias. Em caso de dúvida deverá consultar o seu médico, pois poderá ser necessário recorrer a medicação, como por exemplo antibióticos ou anti-histaminicos.

Veja também: