AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Trabalhar em Malta: guia essencial

A crise que se tem vindo a fazer sentir em Portugal leva muitos a procurar outras opções e Malta pode ser uma opção tentadora.

Trabalhar em Malta: guia essencial
A ponderar trabalhar em Malta?

Por que motivo devo emigrar e trabalhar em Malta?

A história e a arquitetura de Malta são encantadoras e isto, a juntar ao fato de, graças às viagens baratas das companhias low cost, ter oportunidade de viajar e conhecer paraísos como a Sicília, em Itália, ou até a Grécia, fazem de Malta um sítio maravilhoso para emigrar e procurar trabalho.


Salários

Um salário mínimo, em Malta, ronda os 697 euros. Tendo em conta que este valor se refere ao valor mais baixo praticado, ou seja, é possível conseguir um valor superior, e, tendo em conta que existe pouco desemprego em Malta, é uma opção tentadora.


Habitação

Alugar um apartamento em Malta não é caro, podendo ficar entre os 250 e os 500 euros. Pode consultar o site Realigro para encontrar habitação ou aceder a sites de classificados onde poderá aceder a ofertas colocadas diretamente pelos proprietários:


Custo e Qualidade de vida

O custo de vida em Malta é mais baixo do que comparado com outros países da Europa. Alugar um apartamento não é caro, os bilhetes dos meios de transporte também são em conta.

Em relação à qualidade de vida em Malta, podemos assegurar-lhe que é muito boa. O país é pequeno e, por isso, apresenta grande segurança, bem como grande facilidade de mobilidade. Para além disso é muito tranquilo e limpo, com muitas ofertas culturais e paisagens de cortar a respiração.


Língua

Se está a ponderar emigrar e trabalhar em Malta vai gostar de saber que, apesar de o maltês ser a língua oficial, o inglês é o idioma mais falado.


Visto

Os cidadãos portugueses necessitam apenas de Bilhete de Identidade, passaporte ou Cartão de Cidadão, não necessitando de visto. Após 3 meses de permanência é necessário obter autorização de residência.

malta

Veja também: