AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Trabalhar na Finlândia: guia essencial

A Finlândia oferece boas condições de trabalho, serviços públicos eficientes e as crianças e os adolescentes têm acesso a ótimas oportunidades educacionais.

Trabalhar na Finlândia: guia essencial
A ponderar emigrar e trabalhar na Finlândia?

É um país seguro, com um ambiente limpo e que oferece bons benefícios sociais, rodeado por natureza e com acesso e inúmeras atividades desportivas e culturais. Ainda que os salários não sejam altos, quando comparados com outros países da Europa Ocidental, este é um país calmo, que permite levar uma vida digna.


Guia para trabalhar na Finlândia


Emprego

Se está a ponderar emigrar e trabalhar na Finlândia, vai ficar satisfeito ao saber que, devido à harmonização dos processos de ensino para indivíduos da União Europeia, não deverá ter problemas com as suas qualificações.

Possuindo as qualificações básicas, caso necessite de formação complementar, a mesma pode ser ministrada na Finlândia, para que possa exercer devidamente as suas funções.


Salários

Os salários, na Finlândia, não são altos, como em outros países, mas permitem aos indivíduos levar uma vida digna, que é o mais importante. Tendo em conta que a educação é gratuita e que existem imensos benefícios sociais para os habitantes deste país, não é necessário um rendimento muito alto para se ser feliz na Finlândia.


Habitação

O valor habitual de um apartamento na Finlândia ronda os 800 e os 1200 euros, por isso, o ideal será encontrar alguém com quem o partilhar para poupar gastos. Para encontrar algum tipo de habitação irá, muito provavelmente, precisar de um dicionário, pois os anúncios são, praticamente todos, em Finlandês. Consulte o website Asunto Helppi e observe as opções de habitação disponíveis neste país.


Cuidados de Saúde

O sistema de Saúde Finlandês é muito bom e há uma grande preocupação com a língua dos indivíduos, de modo a que exista uma comunicação eficaz entre pacientes e profissionais de saúde.

De acordo com a legislação deste país, todos os cidadãos internados têm o direito a ser atendidos na sua língua materna. Esta lei, tendo em conta que existem duas línguas oficiais na Finlândia - Sueco e Finlandês - faz com que os profissionais de saúde tenham de ser bilingues.

Em relação aos trabalhadores estrangeiros, será então uma questão de tempo até terem a necessidade de dominar outras línguas para comunicar com os pacientes, pois consideram que a incapacidade de comunicar pode colocar em risco a segurança dos pacientes.


Língua

Existe um grande apoio àqueles que deixam os seus países e vão trabalhar para a Finlândia, no entanto, é praticamente impossível trabalhar neste país sem qualquer conhecimento do Finlandês.

Ter conhecimentos desta língua é vital para conseguir comunicar. Procure então um bom curso antes de se aventurar e aperfeiçoe depois o seu Finlandês com cursos complementares da língua, já na Finlândia. Os cursos são, normalmente, oferecidos pelas autoridades locais e até mesmo por alguns empregadores e são ainda, na sua grande maioria, gratuitos e/ou de baixo custo.


Visto

É possível trabalhar na Finlândia até três meses, sem qualquer tipo de documentação específica, no entanto, após esse período, é necessário pedir um Certificado de Registo de Cidadão da União Europeia. Esse certificado pode ser pedido junto das autoridades policiais mais próximas do local onde está a residir.

finlandia

Veja também: