AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

10 perguntas para perceber se tem o trabalho certo

Está feliz com o emprego que tem? Hesitou na resposta? Se sim, espreite estas 10 perguntas para perceber se tem o trabalho certo para si.

10 perguntas para perceber se tem o trabalho certo
Será que está na área certa?

O que queres ser quando cresceres? Astronauta, bombeiro, médico, veterinário, cabeleireiro… Quando somos crianças os sonhos são muitos e mudam diariamente. Na juventude e no início da vida adulta somos muitas vezes “obrigados” a escolher percursos profissionais sem saber muito bem se esse é o trabalho certo para nós.

Gosta do emprego que tem? Responde imediatamente que sim quando lhe fazem esta pergunta ou põe-se a pensar nos prós e nos contras da profissão que escolheu? Sente-se infeliz ou pouco realizado?

Deixamos-lhe alguns sinais que o podem ajudar a tentar perceber tem o trabalho certo para si.


Será que tenho o trabalho certo?

“Escolhe um trabalho de que gostes, e não terás que trabalhar nem um dia na tua vida”. A frase do filósofo Confúcio resume tudo aquilo que procuramos: sentirmo-nos realizados profissionalmente a fazer o que gostamos.

Responda a estas questões para perceber se está no trabalho certo ou se está na hora de começar a procurar outro emprego.



O que pensa sobre o seu trabalho?

Tudo começa por aí. Pela resposta à pergunta “gosto do que faço?”. Pare um pouco e reflita sobre isso. Há mais prós ou contas? Faça uma lista das coisas de que gosta no seu emprego.



Sente-se com energia de manhã?

Chega ao domingo à noite deprimido e nem quer pensar que no outro dia é segunda-feira? Ou sente-se cheio de energia e de vontade de começar a semana e continuar aquele projeto que deixou a meio? Se está mais inclinado para a segunda hipótese é sinal que gosta do que faz e pode estar no trabalho certo.



Costuma dizer bem ou mal do seu trabalho?

Está sempre a falar do seu trabalho? Tente recordar-se das coisas que costuma dizer aos amigos e familiares sobre aquilo que faz. São coisas positivas ou negativas? Costuma queixar-se sobre tudo e sobre nada ou quando lhe perguntam o que faz sente-se bem a falar dos projetos em que está envolvido e orgulhoso de estar a cumprir objectivos? Se sente gratificação por aquilo que faz, está no emprego correto.



Aconselha os amigos a trabalhar na sua empresa?

Se gosta de trabalhar na sua empresa o mais certo é aconselhar outros amigos a juntarem-se à equipa e a candidatarem-se a vagas de emprego. Costuma fazer isso?



Sente-se parte da empresa?

Toma os objetivos da empresa como seus e sente-se realizado quando os alcança? Sente que o sucesso da empresa é o seu sucesso?



Está sempre ansioso para abraçar novos projetos?

Está sempre a pensar no próximo projeto em que pode estar envolvido e dar o seu contributo? Querer sempre mais é sinal de que gosta do que faz.



O dia passa depressa?

Está sempre a olhar para o relógio e a contar os minutos para ir embora ou, pelo contrário, passa o dia tão empenhado no que está a fazer que nem se apercebe que está na hora de sair? Se não parece trabalho está no emprego ideal.



Gosta de estar na empresa e com os colegas?

É daquelas pessoas que gosta de estar no trabalho? Os seus colegas de trabalho são também os seus amigos de aventura? Ou tem um ambiente de trabalho conflituoso que o faz sentir-se deprimido. Trabalhar num ambiente que o faz sentir bem mostra que está no trabalho certo.



Está feliz e otimista?

Entra na empresa todos os dias com um sorriso e tem sempre uma coisa simpática a dizer aos colegas? Sente que essa boa disposição o acompanha durante o dia e torna o trabalho em algo prazeiroso?



A felicidade que tem no trabalho nota-se na sua vida pessoal?

Pessoas que gostam do que fazem têm normalmente vidas mais equilibradas e preenchidas fora do ambiente do trabalho. Porque o trabalho é importante mas não é tudo. É o seu caso?

Se respondeu de forma positiva à maioria destas questões então é porque está no trabalho certo para si!

Se a resposta for não, não desespere. Ter um emprego de sonho só depende de si!

Veja também: