Trabalho com idosos: quem e como

A população portuguesa tem envelhecido drasticamente nos últimos anos. Saiba qual o trabalho com idosos que está à sua disposição.

Trabalho com idosos: quem e como
Saiba quais os serviços disponibilizados em Portugal

Os dados mais recentes mostram que o número de idosos em Portugal duplicou nos últimos 40 anos. Segundo a Pordata, em 2015, existiam mais de dois milhões de pessoas com mais de 65 anos. Assim sendo, o trabalho com idosos assume uma importância cada vez maior.

Portugal: um país envelhecido

Voltando aos dados, o Alentejo e o Centro do país são as zonas mais envelhecidas de Portugal, enquanto a Madeira e os Açores são as regiões mais jovens. Com um país cada vez mais envelhecido, as respostas de apoio social a esta franja etária têm de ser cada vez mais diversas e eficazes.

No nosso país, o trabalho com idosos pode ser feito em diversos locais que prestem serviços de apoio social:

  • Lares: disponibilizam quartos e prestam todo o tipo de cuidados 24 horas por dia;
  • Centro de Dia: Presta todos os cuidados necessários aos idosos durante o período diurno de forma a evitar o isolamento e a solidão;
  • Centro de Noite: Serviço disponibilizado aos idosos que durante o dia permanecem nas suas habitações e que necessitam de acompanhamento durante o período noturno;
  • Serviço de Apoio Domiciliário: Prestação de cuidados (mediante contratualização dos respetivos serviços) a idosos que se encontrem nas suas próprias habitações. São prestados, entre outros, todos os cuidados de higiene, pessoal e habitacional, são fornecidas as refeições e são tratadas as roupas dos utentes.

Quais são os profissionais habilitados para o trabalho com idosos?

Além dos médicos e enfermeiros que devem fazer parte das equipas dos Lares, Centros de Dia e de Noite (para prestarem todos os cuidados médicos necessários a esta franja etária), os idosos são acompanhados por diversos profissionais habilitados a responder às suas necessidades diárias.

O profissional de Geriatria está preparado para trabalhar nos Lares, Centros de Dia ou de Noite e até na prestação de cuidados ao domicílio. Atualmente existem diversos cursos técnicos para Auxiliar de Geriatria direcionados a todos aqueles que estão interessados no trabalho com idosos.

Todas as instituições que prestam cuidados aos mais velhos contam, ainda, com diversos profissionais para a limpeza dos locais, para a confeção das refeições, para o transporte dos utentes e para o desenvolvimento das atividades lúdicas (os animadores Sócio-Culturais).

Todas as informações sobre as respostas de apoio social aos idosos podem ser obtidas no serviço de atendimento da Segurança Social da sua zona de residência ou nas Instituições que prestem estes cuidados.

Governo vai aumentar os acordos de cooperação com as IPSS’s e com as Misericórdias

O novo ano trouxe nova atualização do salário mínimo nacional (557 euros). Assim sendo, o Governo decidiu aumentar o valor pago pela Segurança Social às Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) e às Misericórdias através dos acordos de cooperação.

Além dessa atualização, o atual executivo comprometeu-se a lançar um concurso de 17 milhões de euros para aumentar o número de vagas nos lares financiados pelo Estado.

Neste momento, as negociações para a definição do modelo deste concurso ainda estão a decorrer. De acordo com a Segurança Social, as áreas da infância, juventude e de apoio aos mais idosos correspondem a 96,4% dos acordos instituídos com as IPSS’s e com as Misericórdias.

Veja também:

Continuar a Ler