AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Trabalho em equipa: Vantagens Vs Desvantagens

O trabalho em equipa não é para todos. Conheça as vantagens e as desvantagens de trabalhar em equipa.

Trabalho em equipa: Vantagens Vs Desvantagens
Apesar de todas as vantagens, também há alguns riscos.

Preparado para uma nova aventura profissional?Saber mais
O trabalho em equipa parece ser, nos dias que correm, a solução para todos os males das empresas e a chave para o sucesso. Mas será que é mesmo assim? Será que só existem vantagens no trabalho em equipa? Saiba a resposta já a seguir.
 

Trabalho em equipa: a qualidade mais procurada

“Qual é a sua posição relativamente ao trabalho em equipa?”
 
A pergunta podem até parecer estranha, mas se pensar um pouco vai ver que já a enfrentou várias vezes. Basta pensar em todas as entrevistas de emprego em que participou e onde lhe perguntaram se prefere trabalhar sozinho ou em equipa. Sim, pode até achar que não, mas a verdade é que mesmo inconscientemente já pensou nesta questão.
 
A verdade é que a capacidade de trabalhar em equipa é cada vez mais valorizada pelas empresas e olhando para os anúncios de emprego, é um dos requisitos mais procurados e transversal a todas as áreas e que pode mesmo contribuir para a sua evolução profissional.
 
Através do trabalho em equipa, as empresas procuram estimular a criatividade, a motivação e até a produtividade dos seus colaboradores. No entanto, apesar dos benefícios, o trabalho em equipa pode acarretar alguns riscos.
 

As vantagens

São conhecidas (e reconhecidas!) as vantagens e mais-valias do trabalho em equipa. Entre as principais destaca-se o facto de promover uma troca de ideias e informação, que pode contribuir para uma rápida resolução de problemas, já que as experiências e conhecimentos de uns complementam os dos restantes. 
 
Além disso, visto que uma equipa inclui vários elementos com formações e backgrounds distintos, não só se fomenta a partilha de experiências, mas também a criatividade dos vários membros, bem como a aprendizagem no seio do próprio grupo. 
 
Mas não só. O trabalho de equipa pode contribuir para manter (ou aumentar) a motivação dos colaboradores, por existir uma maior participação no processo decisivo e uma descentralização do poder de decisão ou até das tarefas a desempenhar para atingir os objetivos propostos. 
 

As desvantagens

Toda “a moeda tem duas faces” e no trabalho em equipa não é exceção. Depois das vantagens, eis que chegam as desvantagens.
 
A primeira diz respeito ao relacionamento interpessoal entre os elementos que compõem a equipa. Ou seja, ainda que um profissional tenha capacidade para trabalhar em equipa, isso não significa que seja capaz de se relacionar com todos. Até porque todos já tivemos um ou outro colega difícil.
 
Depois há que considerar o tempo que se gasta ao trabalhar em equipa, já que implica a discussão e análise do problema, até chegar a um consenso final e à, consequente, resolução do problema.
 
Outras das desvantagens é a possibilidade de um único elemento poder monopolizar uma discussão ou um projeto, não dando espaço de manobra para aos restantes elementos. Isto sem falar do risco de membros com opiniões distintas dos restantes, poderem sentir-se pressionados a acatar a decisão da maioria, anulando assim a possibilidade de darem um contributo importante e com impacto para discussão.
 
E claro, pode ser feita uma má distribuição das tarefas, sobrecarregando uns e deixando outros com menos trabalho, contribuindo para a desmotivação de alguns elementos.
 

8 Características de um colaborador que sabe trabalhar em equipa


1. Comprometido 

Um colaborador que sabe trabalhar em equipa é um colaborador que demonstra compromisso, não só com o projeto a desenvolver, mas também com os objetivos da equipa. Os profissionais motivados transmitem confiança e motivação aos seus colegas, levando a que todos se sintam parte integrante de uma equipa e procurem “remar” na mesma direção.


2. Flexível

A flexibilidade é uma característica muito importante nos dias que correm. Um bom profissional sabe adaptar-se a novas realidades, novos projetos, objetivos e/ou até mesmo a novos colegas de trabalho.


3. Acessível

Um profissional acessível facilita o trabalho em equipa, pois isso leva a que seja mais fácil estabelecer uma comunicação clara e eficaz entre colaboradores.


4. Confiante e de confiança

Profissionais que sabem trabalhar em equipa, para além de serem de confiança, inspiram confiança. Há uma maior facilidade em comunicar e em criar laços com a equipa, pois os colaboradores sentem-se seguros para pedir ajuda e partilhar as suas opiniões/preocupações.


5. Competente

A competência de um profissional contribui para o bom desempenho da equipa, resultado num sentimento de confiança. Isso faz com que tudo o resto surja, naturalmente, por acréscimo.


6. Criativo

Um profissional criativo está constantemente atento ao que o rodeia e, no caso do trabalho de equipa, isso não é diferente. São profissionais que valorizam as opiniões dos colegas de grupo e as encaram como melhorias.


7. Comunicativo e bom ouvinte

Os bons profissionais a trabalhar em equipa devem ter, não só a capacidade de comunicar eficazmente, como também a de saber ouvir aquilo que os colegas têm para dizer. Para que um profissional comunique eficazmente, este deve ser objetivo na forma de transmitir as suas ideias e sugestões de melhoria.


8. Apaixonado

Quem é que não gosta de conviver com pessoas apaixonadas? Para além da motivação que transmitem, ajudam a que se crie um ambiente de trabalho muito positivo, fazendo com que a tarefa de trabalhar em equipa seja mais prazerosa. Isso ajuda na obtenção de objetivos.


Trabalho em equipa sim… quando resulta!

Ninguém disse que trabalhar em equipa era fácil ou garantia de sucesso da própria equipa. O segredo passa por identificar os projetos onde o trabalho em equipa pode acrescentar valor, ou quando – pelo contrário – não é a solução mais indicada. Mas isso, já dava assunto para outro artigo.
  Faça mais pela sua carreira >>
Veja também: