Publicidade:

Tratamento de varizes: que opções existem e a que preços

Tem varizes e quer saber como se pode ver livre delas? Leia, neste artigo, quais as opções de tratamento de varizes e quanto custam ao seu bolso.

Tratamento de varizes: que opções existem e a que preços
De cremes a cirurgias, há várias formas de tratar das varizes

Veias dilatadas que conseguimos ver bem debaixo da pele e que causam dor e desconforto. As varizes são um problema, essencialmente para as mulheres, e há que perceber quais as formas de acabar com ele. Neste artigo, vamos falar das principais opções que existem para tratamento de varizes, em que consistem e quanto podem custar.

Existem diferentes maneiras de travar as varizes, umas mais convencionais e menos invasivas e outras, precisamente, um pouco mais invasivas e que envolvem, regra geral, a realização de cirurgias. O tratamento de varizes não é estanque, ou seja, varia muito caso a caso.

Tratamento de varizes: métodos não invasivos

Numa primeira fase, pode tentar resolver este problema recorrendo a uma série de opções que ajudam a aliviar os sintomas.

Cremes para varizes

varizes

No mercado existem vários cremes que ajudam no tratamento de varizes. O preço destes cremes varia entre 8 e os 23€.

Entre essas opções estão, por exemplo, o Trombocid Gel que tem um efeito anti-inflamatório e analgésico, aliviando a dor causada pelas varizes e o AntiStax Gel com um efeito refrescante e calmante. Geralmente estes cremes devem ser aplicados cerca de três vezes ao dia.

Fármacos flebotónicos

Estes medicamentos melhoram a circulação de retorno do sangue e são uma das formas de tratamento de varizes. Não sendo exatamente uma cura, melhoram substancialmente os sintomas, dor e desconforto associado a este problema e ajudam a reduzir o risco de complicações.

Quanto a estes medicamentos, poderá pedir o aconselhamento de um médico angiologista que lhe indicará quais os mais eficazes para o seu caso específico.

Meias de descanso e de compressão elástica

tratamento de varizes

Talvez das opções mais conhecidas para fazer face às varizes, as meias de descanso ajudam a prevenir o inchaço e o cansaço dos pés ao fim de um dia.

São indicadas, por exemplo, para quem tem de estar muitas horas de pé ou em casos de gravidez, para, precisamente, evitar o aparecimento de varizes.

Estas devem ser das primeiras medidas a tomar para combater este problema, pois ajudam de imediato as veias a moverem o sangue de forma mais eficiente. Existem à venda em farmácias e estão disponíveis com diferentes níveis de compressão. O preço pode variar entre 13,50€ e 39€.

Tratamento de varizes: métodos invasivos

Outra forma de tratar as varizes é recorrer a cirurgias. Neste caso, é importante consultar um especialista em cirurgia vascular que poderá aconselhar sobre o tipo de cirurgia que é mais conveniente e que poderá ser mais eficaz no seu caso.

Quanto ao preço deste tipo de tratamento, este vai depender da técnica cirúrgica e do tipo de varizes presente.

Como todo o tipo de operações, a cirurgia às varizes oferece tanto vantagens como desvantagens e efeitos secundários que é necessário, também, ponderar.

Vamos em seguida dar a conhecer as diferentes opções que existem para casos mais complicados ou casos em que, por exemplo, o tratamento com cremes, medicamentos ou meias de compressão não seja suficiente.

Escleroterapia

tratamento de varizes

Ajuda sobretudo a prevenir o aparecimento de novas varizes e envolve a injeção de um fármaco nas veias que tem um efeito anti-inflamatório e as faz cicatrizar. Tem a vantagem de ser eficaz e pouco invasiva. No entanto, se a válvula de junção entre a veia intervencionada e a grande safena (principal veia do sistema venoso superficial) não estiver estanque, o fluxo sanguíneo vai eliminar o produto químico injetado antes de ele fazer efeito.

É um tratamento feito em consultório e tem várias sessões. Um dos efeitos indesejáveis é a hiperpigmentação, em que surgem manchas castanhas na zona tratada. No entanto, são efeitos passageiros.

Radiofrequência

É um procedimento minimamente invasivo para o tratamento de varizes e usa a tecnologia da radiofrequência para aquecer a parede da veia através de um cateter que é colocado no seu interior. Com este método, o diâmetro da veia é reduzido e as varizes acabam por desaparecer, sem que na realidade tenham sido extraídas.

Segundo a página “Cirurgia Vascular” da autoria de médicos especialistas nesta área, esta opção traz poucas complicações e tem um pequeno período de convalescência.

Este método é alternativo ao striping da veia.

Stripping

Esta técnica consiste na remoção das veias afetadas através de pequenas incisões punctiformes espaçadas sobre as varizes para permitir a sua extração. Os riscos são reduzidos e o paciente só necessita usualmente de uma noite no hospital. São necessários alguns cuidados pós-operatórios, como usar meias de contenção elástica.

Em ambiente privado, uma cirurgia de stripping ou de radiofrequência pode vir a custar entre os 1.500€ e os 2.500€ por perna. No entanto, os valores variam caso a caso e só após avaliação médica poderá saber ao certo, no caso de um tratamento de varizes com base em cirurgia, quanto lhe vai custar.

Hoje em dia, na maioria destes casos, a cirurgia às varizes não impede, ao contrário do que possamos pensar, que continuemos a fazer as nossas atividades diárias.

Grande parte das vezes, só se passa um dia no hospital e o repouso absoluto não é, até, uma das indicações. Segundo os especialistas, pela recuperação das suas pernas, deve, nestes casos, andar na medida do possível, de modo a prevenir complicações.

Veja também: