AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Tudo o que precisa de saber sobre a Universidade Aberta

Universidade Aberta - Vantagens e desvantagens do ensino universitário a distância.

Tudo o que precisa de saber sobre a Universidade Aberta
O que é a Universidade Aberta?

Cansado das oportunidades de formação superior convencionais? A Universidade Aberta propõe-lhe a aprendizagem à distância, com o rigor e a qualidade do ensino superior presencial. Pode esta ser uma boa opção para aumentar as suas qualificações? Fique a saber!


O que é a Universidade Aberta?

A Universidade Aberta é a única instituição de ensino superior público à distância em Portugal. Na Universidade Aberta, pode frequentar licenciaturas, mestrados e doutoramentos, assim como cursos de formação contínua - Aprendizagem ao Longo da Vida – com totais autonomia e flexibilidade na gestão das suas aprendizagens.



Os cursos permitem obter as mesmas qualificações?

Sim! Toda a oferta pedagógica desta instituição de ensino está integrada no Processo de Bolonha e é leccionada em regime de elearning, desde 2008, ano em que se tornou numa instituição europeia de referência, no domínio avançado do elearning e da aprendizagem online.



Como é o processo de ensino e aprendizagem na Universidade Aberta?

O Modelo de Ensino a Distância desta instituição assenta na utilização de uma plataforma de e-learning – Moodle. As credenciais de acesso a esta plataforma são cedidas pelos serviços da Universidade, sendo enviadas para o email do estudante.

É naquela plataforma Moodle que se encontram todas as informações de que o estudante necessita para gerir a sua aprendizagem: materiais, tarefas e actividades pedagógicas, bem como espaços de comunicação, discussão e partilha de conhecimentos.

Procure mais informações no Kit do Estudante Virtual.



Que habilitações devo ter para poder frequentar um curso?

Existem diferentes modalidades de acesso aos cursos, a saber:
  • Acesso Directo: para quem já possui um grau académico superior concluído.
    • O próximo período de candidaturas decorre de 1 de Junho a 4 de Julho de 2016.
  • Acesso Específico: para quem possui o 12.º ano de escolaridade
    • Consiste na realização de uma ou duas provas escritas presenciais. A aprovação nestas provas garante o ingresso na Universidade Aberta, não permitindo o acesso a outros estabelecimentos do Ensino Superior.
    • O próximo período de candidatura decorre de 20 de Setembro a 17 de Outubro de 2016.
  • Acesso para pessoas com mais de 23 anos
    • Se tiver mais de 23 anos e não possuir qualquer grau académico, pode ingressar na Universidade Aberta.
    • O próximo período de candidatura decorre de 20 de Setembro a 17 de Outubro de 2016.



Quais os recursos tecnológicos necessários?

Para efetuar os cursos da Universidade Aberta só necessita de ter acesso a um computador com ligação à Internet, bem como a uma conta pessoal de correio eletrónico ativa e consultada frequentemente.



Que cursos existem?

Os cursos de primeiro ciclo do Ensino Superior – Licenciatura – são:
  • Ciências do Ambiente
  • Ciências Sociais
  • Educação
  • Estudos Artísticos 
  • Estudos Europeus
  • Gestão
  • História
  • Humanidades
  • Informática
  • Línguas Aplicadas
  • Matemática e Aplicações

Contudo, a Universidade Aberta também possui oferta de cursos de segundo ciclo – Mestrados - e de terceiro ciclo - Doutoramentos.



Qual o valor das propinas?

Para as licenciaturas, os valores são os seguintes:
  • 90 euros para residentes em território nacional;
  • 120 euros para residentes em território internacional (excepto PALOP, aos quais se aplica o valor de 90 euros).
 


Como é feita a avaliação?

As aprendizagens dos estudantes são sujeitas a uma avaliação contínua a distância, complementada por alguns momentos de avaliação presenciais. No caso de alguns cursos, é possível optar pela avaliação mediante a realização de um exame final.

Tal como é comum no ensino superior presencial, na Universidade Aberta há épocas de recurso para aqueles estudantes que pretendam fazer melhoria de notas. Esteja atento aos períodos de inscrição nasprovas de melhoria!



Que vantagens?

  • educação sem fronteiras geográficas nem barreiras físicas;
  • acesso às mais avançadas tecnologias e metodologias de ensino a distância;
  • grande flexibilidade e autonomia na gestão da sua aprendizagem;
  • possibilidade de conciliar facilmente o estudo com o trabalho e com a vida pessoal;
  • inexistência de horários, apesar da existência de prazos para avaliação;
  • cursos disponíveis em qualquer lugar e a qualquer hora, garantido que esteja o acesso à Internet;
  • inclusão social: as pessoas com dificuldades de deslocação e/ou com desficiências podem beneficiar de frequentar os cursos nas suas casas;
  • conteúdos constantemente actualizados.


Que desvantagens?

  • não é uma desvantagem, mas uma característica: este tipo de ensino assenta na maturidade e responsabilidade do aluno, exigindo-se um elevado nível de compromisso;
  • falta de interacção directa com outras pessoas, inexistência de um grupo ou de uma turma. Os fóruns de discussão online dificilmente promovem relacionamentos interpessoais próximos, como acontece no ensino presencial;
  • lentidão na obtenção de feedback em relação ao trabalho dos alunos. Como as interacções raramente acontecem em tempo real, os erros demoram mais a ser corrigidos, o que segundo alguns especialistas diminui a eficácia da aprendizagem;
  • ensino altamente dependente das competências linguísticas e verbais dos candidatos, uma vez que assenta quase exclusivamente em material pedagógico escrito;
  • homogeneidade de conteúdos programáticos: não há diferenciação e adaptação dos conteúdos às características específicas de cada aluno.

Depois de tudo isto, supomos que já consiga tomar uma deisão quanto à opção de frequentar, ou não, um curso superior a distância!
Valorize-se profissionalmente... Saiba como com o nosso Simulador de Emprego e Formação >> Veja também: