5 sintomas de uma válvula EGR suja

Saiba quais os sintomas de uma válvula EGR suja para saber o que se passa da próxima vez que vir que o seu carro está a agir de forma estranha.

5 sintomas de uma válvula EGR suja
Ao saber que é a válvula já está meio caminho andado

A válvula EGR (Exhaust Gas Recirculation) pode não ser a parte mais bonita do carro, mas ajuda a reduzir as emissões do nosso veículo ao fazer com que alguns dos gases tenham que ser reemitidos pelo escape. É claramente uma peça importante para evitar emissões em excesso, e para que continue a funcionar bem é importante saber quando tem a válvula EGR suja.

É importante tratar da válvula EGR, pois esta não só nos ajuda a poupar no combustível, como também reduz significativamente a emissão de óxidos de azoto (NOx) para a atmosfera. Estes gases além de fazerem mal ao meio ambiente, fazem-nos mal a nós.
 

5 sintomas de uma válvula a precisar de ser limpa


1. Barulhos estranhos no motor

Quando se tem a válvula EGR suja é possível ouvir-se alguns barulhos estranhos a virem do motor, barulhos que podem parecer pequenas batidas. O barulho deve-se ao aumento de temperatura na câmara de combustão, resultado da válvula a precisar de ser limpa.

 

2. O motor parece “atrofiado”

Quando a válvula está suja esta não faz devidamente o seu trabalho, e faz com que gases continuem a circular no motor, o que o impedirá de funcionar como deve ser e faz como que “atrofie”. Em alguns casos as rotações tornam-se irregulares, e é possível sentir-se o motor a abanar. 
 


3. O motor sobreaquece

O trabalho da válvula não se baseia apenas na redução de emissões de óxidos de azoto (NOx), mas também no arrefecimento da câmara de combustão. Se tem a válvula EGR suja, então vai ter de se preocupar com este sintoma.

 

4. O carro consome mais

Quando a válvula EGR está com problemas, é natural notar-se que o carro bebe um pouco mais, além de ser possível notar-se alguma perda de potência. As emissões de gases, está claro, aumentam significativamente.

 

5. A luz do motor acende

A maior parte dos sistemas modernos controla a válvula EGR, e sempre que há algum problema com a mesma aparecerá a luz do motor que nos diz que se passa algo de errado. O melhor é levar o carro a um mecânico para ver se o problema é realmente uma válvula EGR suja, ou outro qualquer.

Normalmente limpar a válvula EGR é o suficiente para se ver livre destes problemas, mas em alguns casos pode vir a ter de a substituir caso esta tenha, de alguma forma, sido danificada. No caso de dúvidas, deve sempre ir à oficina, pois lá é possível testar se o problema do carro se deve à válvula ou não.

Veja também: