Publicidade:

Valvulina: o que é e para que serve

Toda a gente sabe que se deve mudar o óleo do motor. E o óleo da caixa de velocidades, isto é, a valvulina? Fique a saber mais sobre este componente.

Valvulina: o que é e para que serve
A valvulina é o óleo da caixa de velocidades

Valvulina é o nome dado ao óleo para a caixa de velocidades dos veículos. O produto ficou popularmente conhecido por este nome devido à empresa Valvoline, que foi criada em 1886, nos Estados Unidos da América, e é especializada no fabrico de lubrificantes para motores.

Fique a saber qual é a importância da valvulina e quando deve ser substituída.

Valvulina: porquê e quando deve este óleo ser mudado


Toda a gente sabe que o óleo do motor do carro deve ser substituído com regularidade. Mas e o óleo da caixa de velocidades? Este óleo é bastante espesso e é usado para lubrificar as mudanças. Nos carros e camiões é usado nas transmissões manuais.

Os tipos mais frequentes deste produto são 75W, 75W-90, 80W-90 e 75W-140. Para saber se o seu carro tem componentes que utilizam este óleo, deve consultar o manual do veículo.

Sinais que indicam que deve substituir a valvulina

Existem alguns sinais que o podem ajudar a perceber se está ou não na hora de mudar o óleo da caixa de velocidades. Ao verificar o óleo, se vir que este ficou mais escuro, que tem espuma à superfície, cheira a queimado e/ou encontrou partículas de areia, metal, aço ou plástico no fluído, então deve pensar em mudá-lo.

Para além disso, deve ficar também atento quando se torna difícil alterar a engrenagem e/ou se ouvir ruído durante o funcionamento da transmissão.

Quando mudar a valvulina

Depende do veículo e da condução a que este geralmente é sujeito. A verificação do estado deste fluído deve ser feita a cada 15 mil/ 30 mil km. Os intervalos aconselháveis para a mudança do fluído da caixa de velocidades variam entre os 48 mil km e os 50 mil km, caso use a sua viatura para rebocar outros veículos ou se conduzir em estradas lamacentas ou com más condições.

No caso de uma condução dita normal, alguns fabricantes automóveis recomendam a mudança da valvulina entre os 96 mil km e os 144 mil km. Isto significa que, em muitos casos, pode nem ter de se preocupar com a mudança de óleo da caixa de velocidades. Por exemplo, a Ford não aconselha a mudança da valvulina em carros que sejam utilizados em condições normais. Mas as opiniões divergem.

Regra geral, se a valvulina for de origem mineral, precisa de ser mudada com mais frequência. Por outro lado, se for de origem sintética, o óleo vai durar mais tempo. Mas a valvulina precisa sempre de ser substituída se o componente (transmissão, caixa de velocidades) tiver, por algum motivo, sido submerso em água.

Para saber exatamente quando e como deve mudar a valvulina do seu carro, deve sempre consultar o manual e perguntar ao fabricante e/ou mecânico, até porque para fazer a mudança deste líquido pode ser necessário equipamento específico.

Existem várias marcas de valvulina, em recipientes de diferentes dimensões, por isso, os preços variam bastante. Mais uma vez, antes de comprar, deve consultar o manual da viatura e o fabricante para saber o tipo de óleo que deve comprar para o seu carro e de que marca.

Veja também:

Ana Duarte Ana Duarte

Jornalista e gestora de comunicação no projeto Patient Innovation, Ana Duarte é mestre em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Porto. A sua paixão pela escrita começou cedo, quando aprendeu a escrever e começou a criar os seus próprios jornais. Interessa-se por tecnologia, desporto, cinema e literatura.

Também lhe pode interessar: