Vantagens e desvantagens das contas poupança

Saiba quais as vantagens e desvantagens das contas poupança. Como funcionam as contas poupança.

Vantagens e desvantagens das contas poupança
Quais são?

Conhece as vantagens e desvantagens das contas poupança? Se é verdade que as contas poupança são um dos produtos financeiros existentes para quem quer poupar de uma forma relativamente segura, não é menos verdade que as contas poupança também tem as suas desvantagens. Saiba como funcionam e quais as vantagens e desvantagens das contas poupança.
 

Como funcionam as contas poupança?

As contas poupança são produtos bancários/financeiros onde, como em muitos outros, o cliente aplica dinheiro relativo às suas poupanças, estabelecendo a periodicidade em que vai receber os juros, ou seja, têm o objetivo de incrementar essas poupanças.
Uma das particularidades das contas poupança é que permitem efetuar reforços, isto é, funcionam ao jeito de um mealheiro, havendo lugar a uma remuneração do dinheiro durante o período de tempo em que este fica na conta.

 

Vantagens e desvantagens das contas poupança

As contas poupança têm mais vantagens (até pelo fomento da poupança) do que desvantagens, mas elas também existem.
 

Vantagens

  • Pode servir de complemento para uma emergência (desemprego, por exemplo) ou até para a reforma;
  • Rentabilização das suas poupanças, através do pagamento de juros durante o tempo em que o dinheiro fica aplicado ou sempre que faz algum reforço (a maioria das entidades financeiras permite a flexibilização de entregas adicionais);
  • As suas poupanças estão mais seguras se aplicadas do que em casa;
  • Produto financeiro sem perda de capital investido, mesmo no caso de resgate antecipado (que é acessível);
  • Permite a mobilização do capital em qualquer momento;
  • Possibilidade de efetuar entregas adicionais;
  • Rende juros, mesmo que as taxas não sejam as mais atrativas.
 

Desvantagens

  • Nas contas poupança a prazo, quando o dinheiro é retirado antes do fim desse prazo, podemos ficar sujeitos a penalizações. A mobilização antecipada implica a perda dos juros ou parte deles;
  • Os juros (taxas) são baixos comparativamente com outros produtos financeiros disponíveis;
  • Embora pouco arriscado, é um tipo de investimento de baixo rendimento, especialmente a curto prazo.


Veja também: