Como verificar o líquido dos travões

Ter os travões a funcionar na perfeição é essencial para a sua segurança. Saiba como verificar o líquido dos travões, que tem um papel importante na travagem.

Como verificar o líquido dos travões
Os diferentes tipos de líquidos e como funciona o sistema de travagem

Os travões do carro são dos componentes mais importantes para a nossa segurança já que nos permitem abrandar e parar o carro de forma a evitar acidentes. O seu automóvel não deve ser um carrinho de rolamentos em que a gravidade é a única força motriz e as árvores os travões.

O sistema parece muito simples: um pedal, as pinças, pastilhas e um disco ou tambor, dependendo do sistema. Mas lá pelo meio há o líquido dos travões, que apesar de parecer ter pouca importância é um componente vital na transmissão de informação.

 

Quer saber mais?
Mantenha-se a par das últimas novidades do setor automóvel. Registe-se no E-Konomista. As dicas, as novidades e as melhores soluções de seguros para o seu automóvel.

Como funciona o sistema

Quando aperta o pedal do travão acciona um sistema hidráulico, que, através do líquido dos travões, transfere a força que você faz para as pinças dos mesmos de forma a travar o carro. Logo, a travagem dependerá da força que você aplicar no pedal. 
O estado do líquido é também muito importante já que é o responsável por transmitir a aos travões a "quantidade" de travagem que pretende. Logo a manutenção do líquido deve ser feita de forma cuidadosa.


 

Como verificar o líquido dos travões

Para saber se o nível está correto é muito fácil: basta abrir o capot e procurar o recipiente do líquido dos travões, que costuma estar atrás do motor, do lado direito (do lado do volante) e verificar - com o carro estacionado numa superfície plana - se o líquido está entre as linhas que indicam o mínimo e máximo.
Deve também testar os travões em andamento. Caso sinta que o pedal está muito folgado, isto é, aperta o pedal e ele está demasiado permissivo faça uma visita ao seu mecânico, visto que o líquido dos travões pode não estar nas melhores condições.

 

Acerca do líquido dos travões

Tal como nos óleos do motor os líquidos dos travões têm várias tipologias, logo deve utilizar o mais indicado para o seu automóvel. 
Os tipos são os DOT e não são aqueles que se colavam na televisão enquanto se via um programa.
Os líquidos estão escalonados tendo em conta a sua resistência à temperatura, isto é, tendo em conta a temperatura em que entram em ebulição - quanto maior a temperatura do ponto de ebulição melhor é o líquido. Com o tempo, apesar de este ser um circuito fechado, a humidade pode afetá-lo reduzindo a resistência à temperatura.
Independentemente das marcas de líquido dos travões e das marcas de automóveis, o mais utilizado atualmente é o DOT 4 que está numa gama média, há também os DOT 5 com uma temperatura de ebulição superior, contudo têm preços mais elevados. Por outro lado há os DOT 3, que são os que têm a pior prestação.


tabela DOT

Lembre-se de verificar o líquido dos travões e mudá-lo de 2 em 2 anos.


Veja também: