Via Verde – vantagens e desvantagens

Está a ponderar se deve ou não aderir à Via Verde? Conheça quais as vantagens e desvantagens de aderir ao serviço Via Verde.

Via Verde – vantagens e desvantagens
Vale a pena aderir à Via Verde?

A Via Verde é uma ideia originalmente portuguesa, criada na Universidade de Aveiro em 1991, que visa efetuar a cobrança eletrónica de portagens. A evolução do sistema faz com que, atualmente, a Via Verde ofereça outros serviços para além da cobrança de portagens de auto-estrada, como, por exemplo, as ex-SCUTS, pagamento eletrónico de combustíveis ou de parques de estacionamento.
A Via Verde passou, assim, ao longo dos anos a fazer parte do quotidiano dos utentes das infra-estruturas rodoviárias. Se ainda não tem o dispositivo da Via Verde, e está a ponderar se deve ou não o adquirir, saiba quais as vantagens e desvantagens da Via Verde.

 

Vantagens da Via Verde

  • Comodidade, imediatez e poupança de tempo são as principais vantagens da Via Verde pois não precisa de parar nas cabines de portagens da auto-estrada ou ter que se deslocar a uma estação CTT ou rede payshop para pagar as taxas de portagem das ex-SCUTS;
 
  • Não necessita de ter consigo dinheiro ou qualquer cartão de débito/crédito pois o pagamento é feito automaticamente na conta associada (e de qualquer banco); 
 
  • A adesão à Via Verde permite, além do pagamento de portagens, o pagamento automático nas pontes, parques de estacionamento, ferries, McDrives (já 11 restaurantes da rede McDonald’s aderiram) e no abastecimento de combustível nas bombas Galp (109 postos aderentes);
 
  • Evita o pagamento de multas de portagens em atraso, se não proceder, numa estação CTT ou rede payshop, posteriormente e no prazo máximo de cinco dias úteis, ao pagamento das taxas de portagem após ter circulado numa ex-SCUT sem um identificador de Via Verde;
 
  • Ao aderir à Via Verde já pode usufruir de vários serviços online, sem ter de se deslocar a uma loja. Alguns serviços online disponíveis: consultar e fazer download de dados respeitantes ao identificador, bem como dos movimentos e extracto eletrónico, consultar e alterar alguns dos dados pessoais, aderir ao extrato digital (com validade fiscal), alterar o tipo e o período do extrato, anular e/ou reativar identificador (es) e alterar ou retirar matrícula (s).

 

Desvantagens da Via Verde

A Via Verde é de facto um serviço cómodo e seguro, mas também tem algumas desvantagens:
  • O principal problema de aderir à Via Verde é o pagamento que terá de efetuar pela aquisição do identificador. É que o valor do identificador não é de desvalorizar, especialmente para aqueles que fazem pouco uso das auto-estradas e ex-SCUTS. Ainda assim, é possível conseguir um desconto se aderir ao extrato eletrónico. A compra do identificador Via Verde custa 27,50€. Se aderir à campanha promocional do extrato eletrónico custa 25€.


Veja também: