5 viagens que toda a gente devia fazer aos 20

Com tanto para ver no mundo, mais vale começar cedo. Temos algumas ideias de viagens para fazer aos 20.

5 viagens que toda a gente devia fazer aos 20
Comece já a marcar no calendário

Se tem 20 anos de idade ou está na casa dos 20’s este texto é para si. Vamos falar-lhe de viagens para fazer aos 20.

Conhecer o mundo, ter contato com diferentes culturas e criar memórias inesquecíveis. É isto que as viagens têm para lhe oferecer. E há tanto para ver no mundo. Tanto assim é, que o melhor mesmo é começar o quanto antes. Os 20’s são uma boa idade para começar.

Viagens para fazer aos 20: 5 locais a não perder

1. Road trip pela Route 66

route 66

Fonte: Independent Travel Cats

É uma das estradas mais conhecidas do mundo. Quase 4 mil km de estrada que atravessam oito estados dos Estados Unidos da América. Ao longo do percurso pode cruzar-se com os icónicos diners e drive-ins e outras atrações que certamente se habituou a ver e ouvir falar em filmes e programas de televisão. Será sem dúvida uma aventura inesquecível.

2. Veja o Sudeste Asiático de mochila às costas

asia

Fonte: Rough Guides

O Sudeste Asiático é atualmente o destino da moda. E se a Tailândia, Bali ou a Malásia são os destinos mais conhecidos, para os mais “destemidos” há muito mais para ver como o Vietname, Indonésia ou até locais menos óbvios como as Filipinas, Camboja ou Myanmar.

Pode mesmo dizer-se que este é o destino mais indicado para quem gosta de viajar de mochila às costas e conhecer os locais. E há muito para fazer, como caminhadas aos vulcões no Bali, aulas de mergulho na Tailândia, ruas agitadas para percorrer em Bangkok… enfim, a lista é imensa. E a língua não será uma barreira, já que é fácil encontrar falantes de inglês. Outro atrativo serão os preços. É que se o preço das viagens são caros, o custo de vida local será bastante atrativo.

3. Faça um tour pela Europa

Atenas

Fonte: Jet Setter

O velho continente tem muito para oferecer para os turistas de serviço e é, sem dúvida, uma das viagens para fazer aos 20. Na Europa tem cidades tão emblemáticas como Barcelona, Paris, Berlim, Londres, Viena, Roma, Amesterdão, Budapeste, Istambul, ou Atenas, para citar apenas algumas. E se é certo que pode visitar cada um dos locais individualmente, também pode optar por um interrail pela Europa.

Certo também é que vai poder ver de perto alguns dos monumentos mais icónicos da história da humanidade ou algumas das obras de arte mais importantes de sempre, tudo acompanhado de cenários absolutamente estonteantes. Pesquisando bem, vai poder ter acesso a ofertas bem vantajosas (sejam voos ou propostas de interrail a preços acessíveis).

4. Faça compras em Marrocos

marrocos

Fonte: Time Travel Turtle

Marrocos é um daqueles países que está na lista de viagens a fazer de qualquer pessoa e que pode – perfeitamente – incluir-se nas viagens para fazer aos 20.

Aliás, se procura um destino vibrante, seja nas roupas, na cultura ou nos tradicionais mercado, Marrocos é o local a visitar. Na visita a Marrocos não vai querer perder Marraquexe. É impossível ficar indiferente à capital de Marrocos.

A Cidade Vermelha, como é conhecida (graças à sua arquitetura), tem inúmeras atrações que fazem as maravilhas de quem por lá passa. Seja a Mesquita da Koutoubia, o Museu de Marraquexe, a Madrassa Ben Youssef , Palácio Bahia ou os Jardins da Majorelle e de Menara há muito para conhecer.

E claro, não pode faltar a visita aos souks, os mercados do Magrebe, que por entre ruas e ruelas labirínticas conduzem os visitantes por um mar de comerciantes de tapetes ou especiarias, entre outros.

5. Participe na Oktoberfest

oktoberfest

Fonte: Destination 360

Sim, é em Berlim. E sim, pode incluir-se na viagem pela Europa que sugerimos antes. Mas a sugestão aqui é bem mais específica. Falamos de um festival anual que atrai centenas de milhar de pessoas (amantes de cerveja) vindas de todo o mundo.

É certo que as viagens para a Alemanha ou os preços de hotéis são consideravelmente mais caras nesta altura do ano, mas é certo também que esta será uma viagem em que “festa” e “cerveja” serão as palavras de ordem (e talvez, em alguns casos, “ressaca” também). Mas não há como negar, que a Oktoberfest é uma experiência a não perder. 

Veja também: