7 dicas para quem vai viajar com crianças

Se vai viajar com crianças quer, certamente, conhecer estas dicas que vão tornar a sua viagem bem mais fácil.

7 dicas para quem vai viajar com crianças
Parece difícil, mas com uma boa dose de preparação tem tudo para correr bem

Viajar com crianças é mais fácil e mais divertido do que possa parecer. Certo, não vamos negar que implica cuidados extra e preocupações redobradas. Ter filhos não tem que ser sinónimo de impossibilidade de viajar. Significa, isso sim, um ajuste à sua nova realidade e, claro, à idade dos pequenos viajantes, bem como uma boa dose de preparação antes da viagem. Nós temos algumas dicas que o podem ajudar. 
 

Viajar com crianças: 7 dicas essenciais 


1. Atenção à bagagem 

É certo que com crianças vai precisar de levar mais bagagem consigo, mas também não é preciso exagerar. Assegure-se que tem tudo o que precisa para o decorrer da viagem, mas o resto (como os produtos de higiene do bebé ou criança - fraldas, toalhetes, pó de talco, cremes, etc.) pode, por exemplo, ser comprado no local de destino. Assim evita ir carregado na viagem e ainda ganha espaço para todas as outras coisas que precisa de levar.

Quanto à roupa, as crianças precisam sempre de mais quantidade que os adultos. Para os mais pequeninos, pelo menos, 2 mudas de roupa por dia. Para ajudar, leve também alguns brinquedos (mas sem exageros), cadernos, livros para colorir e lápis de cor ou de cera, tablet ou leitor de DVD para que as crianças se possam entreter durante a viagem. E não se esqueça de uma almofada, caso queiram dormir, e de um lanche para matar a fome durante a viagem. Quanto mais satisfeitos estiverem, menores são as probabilidades de ter que lidar com birras durante a viagem. 



2. Aconselhamento médico antes da viagem 

Antes de viajar com crianças é aconselhável que faça uma visita ao pediatra para perceber quais os cuidados adicionais que deve ter em atenção com a sua criança e pedir medicamentos úteis para os para primeiros-socorros e emergências que possam acontecer (como enjoos, diarreias, alergias, etc.). Além disso, dependendo do destino para onde vai viajar podem ser necessárias vacinas específicas. 
 

3. Tenha atenção aos tempos de viagem 

Lembre-se que os mais pequenos são seres impacientes e tendem a ficar saturados com alguma facilidade, por isso na hora de marcar a viagem atente nos tempos de deslocação. Se vai viajar de avião opte por voos diretos para reduzir os tempos de viagem e de espera. Outro truque é marcar os voos nas horas do sono das crianças, já que se estiverem a dormir facilitam a tarefa a todos os envolvidos na viagem. 

Se vai viajar de carro planeie paragens frequentes para descansar. O ideal é que faça pausas de 2 em 2 horas, não só para o condutor descansar mas também para as crianças libertarem a energia acumulada na viagem, darem um saltinho ao quarto-de-banho ou petiscarem qualquer coisa.



4. Evite correrias  

Se andar a correr de um lado para o outro já é mau para um adulto, imagine para uma criança. Por isso mesmo, se vai viajar com crianças trate de fazer tudo com tempo e muita calma. 



5. Marque e monitorize as suas crianças 

A ideia de umas férias em família é que todos relaxem, se divirtam e desfrutem do tempo em família, portanto, o ideal é evitar stresses. Mas todos sabemos que com crianças toda a atenção é pouca e em breves segundos já os perdemos de vista. Para evitar que isso aconteça, previna-se. Coloque pulseiras de identificação com os seus dados e contactos ou, se preferir, invista num aparelho de monitorização por GPS para crianças para saber sempre onde está, ou mesmo numa trela para criança



6. Pesquise tudo… mesmo tudo!

Se vai viajar com crianças deve saber tudo sobre o local para onde vai. Desde o clima, à cultura, passando pela gastronomia, por exemplo. Todos os detalhes contam. Por exemplo, se está a amamentar deve tentar perceber se é ou não aceitável fazê-lo em público para evitar situações desconfortáveis. 
 

7. Explique a viagem às crianças 

Pode parecer irrelevante, mas para as crianças pode fazer toda a diferença. Fale com os seus filhos e explique-lhes o que vai acontecer: para onde vão, como vão, se vão de avião, o que vão fazer, etc. Todos estes detalhes não só vão ajudar a que as crianças entendam o que vai acontecer, mas que se sintam mais entusiasmados com esta “aventura”. 
 


Acima de tudo desfrute da sua viagem! 

Viajar com crianças não é, nem tem que ser, um pesadelo. Muito pelo contrário. Estas viagem serão sem dúvida marcantes para eles e vão proporcionar-lhes boas memórias da infância. Mas não se iluda, nem tudo vai correr bem e, por mais que planeie, há coisas que não correrão como previsto. O segredo é manter a calma e aproveitar esta fase da vida das suas crianças (vai passar a correr!) e desfrutarem juntos da viagem. 

Veja também: