3 destinos imperdíveis para viajar em julho

Seja pelo clima ou para fugir à confusão de agosto, há destinos perfeitos para viajar em julho. Dentro e fora de portas, conheça as melhores opções.

3 destinos imperdíveis para viajar em julho
Gran Canária, Douro e Maldivas

Está a pensar viajar em julho? Boa escolha! Há várias vantagens em optar por este mês. Além de conseguir visitar os pontos de interesse com menos umas centenas ou milhares de pessoas, em julho o clima está muito agradável e, a cereja no topo do bolo: é mais barato do que em agosto!

Posto isto, só faltam algumas sugestões dos melhores pontos do globo para visitar e ter umas férias de sonho, em lugares paradisíacos, a preços nada proibitivos.

Viajar em julho: 3 destinos de sonho

Douro

viajar em julho douro

Não precisa sair do país para viajar em julho e ter excelentes experiências. Conhece a região do Douro do nosso país? Com paisagens deslumbrantes e muitos pontos (e pontes!) de interesse, é uma excelente alternativa para uns dias de férias.

Comecemos pela Régua ou, mais precisamente, pelo Peso da Régua, situada bem no coração do Douro. Considerada capital da região demarcada e influente cidade da zona do Douro Vinhateiro, a Régua tem alguns pontos de interesse a não perder: Museu do Douro, Solar do Vinho do Porto, miradouro de S.Leonardo da Galarufa e Capela das Sete Esquinas.

Na margem direita do rio Douro fica o Pinhão, onde estão localizadas muitas das principais quintas produtoras de vinho do Porto. A Estação Ferroviária do Pinhão integra o conjunto principal de património do Pinhão, assim como a Quinta das Carvalhas e o Miradouro de Casal de Loivos – a vista é a não perder!

E já que está no Douro, não deixe de dar um passeio no Pocinho, especificamente na albufeira do Pocinho, de utilização livre, ou seja, permitindo a prática de atividades desportivas e de lazer sem restrições.

Consultar as ofertas TopAtlântico para o Douro >>

Gran Canária

viajar em julho gran canaria

Uma outra excelente opção para viajar em julho é a ilha Gran Canária. Localizada a cerca de 210 km da costa africana, esta ilha paradisíaca é a terceira maior ilha do arquipélago das Canárias.

A Gran Canária oferece um vasto património cultural, o seu litoral é de perder a vista e o clima soalheiro torna este destino ideal para umas férias. Se for em julho, em contraste com agosto, por exemplo, não só poupa alguns euros no alojamento, como encontra menos aglomerações e multidões.

Se procura mais florestas, com fauna e flora riquíssimas e grandes dunas, prefiro o norte da ilha. Se pretende mais praia e dias ensolarados , escolha o sul. Mas seja norte, sul, este ou oeste, vai passar, certamente, uns excelentes dias de férias.

Não deixe de visitar, no sul da ilha, a pitoresca aldeia de Mogán (também conhecida como “Pequena Veneza”), e as zonas de Puerto Rico, Maspalomas, Meloneras e San Agustín.

Molhe os pés nas águas quentes da famosa Playa del Inglés e aproveite para comer e beber muito bem! O que não faltam são locais para degustar umas tapas e cocktails. Imperdíveis são também as dunas de Maspalomas, descritas como “ondas de areia gigantes”, estendidas ao longo da costa sul, cobrindo cerca de 4 quilómetros quadrados.

Não podemos esquecer a capital, Las Palmas, repleta de cultura e história, cosmopolita e com muito para ver e fazer — museus, colecções de arte, arquitetura, parques e lojas.

Ver os pacotes de férias TopAtlântico para a Gran Canária >>

Maldivas

viajar em julho maldivas

E que tal viajar em julho até às Maldivas? De uma coisa nós temos a certeza: não se vai arrepender; aliás, corre o sério risco de querer repetir! As Maldivas são um paraíso na terra. E se pensa que viajar para as Maldivas é sinónimo apenas de banhos de sol e de mar, engana-se, há muito mais para fazer e para desfrutar!

Localizadas no oceano Índico, as Maldivas oferecem uma beleza natural ímpar e um clima fantástico todo o ano; julho não é exceção, daí ser uma boa opção de escolha. Além disso, o povo é muito acolhedor e fá-lo-á sentir-se em casa.

A atividade mais óbvia para fazer nas Maldivas é, naturalmente, fazer praia. A boa notícia é que, na verdade, vai estar quase sempre na praia! Demorará, no máximo, uns dois a três minutos a sentir a areia  fina e macia e a água quente e calma. Além de fazer praia, pode dedicar-se aos desportos aquáticos – há ofertas para todos os gostos!

Entre fazer snorkeling, mergulho com garrafa, atividades em alto mar em equipamentos com ou sem motor, temos que dar destaque ao mergulho e snorkeling, onde terá a oportunidade de contactar com os peixes mais exóticos que alguma vez viu.

Se está nas Maldivas, não perca a oportunidade de visitar uma das ilhas vizinhas: veja o operador de barco que presta este tipo de serviços e rume à aventura!

Uma nota final: não adie muito a visita às Maldivas! Prevê-se que, devido ao aquecimento global e à subida das águas do mar, as Maldivas desapareçam por completo perto do século XXII. Mais uma razão para visitar o paraíso. Boas férias!

Férias nas Maldivas? Descubra os melhores preços com a TopAtlântico >>

Veja também: