Vida noturna em Lisboa: os melhores locais

Se sair à noite na capital faz parte dos seus planos, confira o nosso guia. Selecionámos as melhores zonas e os melhores locais para beber um copo ou dançar.

Vida noturna em Lisboa: os melhores locais
A movida lisboeta tem fama internacional

A vida noturna em Lisboa é bastante animada, não fosse uma capital do sul da Europa. E há bares e discotecas para todos os gostos e estilos, em várias zonas da cidade. Para facilitar a sua escolha na hora de sair de casa – ou do hotel, se estiver em Lisboa de passagem – listamos as melhores zonas e fizemos uma seleção de espaços a não perder.

Os melhores locais para viver a vida noturna em Lisboa

Bairro Alto

É a zona que mais depressa nos vem à mente quando pensamos em vida noturna em Lisboa. A sua fama vem de longe, desde o tempo de bares míticos como o Frágil, que fez furor nos anos 80. Hoje são muitas as propostas que as ruas do Bairro Alto oferecem, enchendo-se de gente sobretudo ao fim de semana. Se vier para estes lados, os bares que se seguem são boas apostas:

Rua da Bica

bica
O pequeno e pitoresco bairro da Bica fica entre o Bairro Alto e o Cais do Sodré, duas das zonas lisboetas com mais oferta noturna. A rua da Bica de Duarte Belo é especialmente animada à noite, para além de ser uma das ruas mais fotografadas de Lisboa durante o dia, pela sua atmosfera tipicamente alfacinha, e que inclui o romântico Elevador da Bica, que encanta tanto os locais como os turistas. Uma vez aqui, espreite estes bares:

Cais do Sodré

Junto ao rio, esta é uma das zonas mais concorridas para sair à noite. Se dantes o ambiente era algo duvidoso, sendo especialmente frequentada por marinheiros, aos poucos os bares foram-se transformando e ganhando cada vez mais fãs, com destaque para espaços de música do mundo. Ouvem-se sons sons africanos, reggae, new wave, indie, etc. Na verdade, há por aqui um pouco de tudo e as noites costumam terminar já com o sol bem alto.

Alfama

alfama
Se gosta de fado, este é um dos bairros a explorar à noite. Berço de muitos fadistas, respira-se este tipo de música que nos é tão especial em todas as esquinas. E mesmo durante o dia, não estranhe se ouvir fado a sair das janelas abertas das casas, sob as quais secam penduradas dezenas de peças de roupa, formando uma das mais tradicionais e genuínas imagens do nosso país. Mas ainda que o fado seja o forte desta zona, há bares onde pode fazer uma pausa e mudar de estilo musical.

Intendente

intendente
A fama do Intendente nem sempre foi a melhor, mas nos últimos anos o bairro passou por uma profunda revitalização e hoje é um dos spots noturnos lisboetas mais procurados. São vários os bares que convidam a beber um copo e a dois dedos de conversa.

Sugestões Gay e LGBT

E ainda…

Para terminar, e apesar de estar numa zona onde não há muita oferta no que toca à diversão noturna, não podíamos deixar de referir o Lux Frágil, bar e discoteca incontornável de Lisboa. Fica em Santa Apolónia.

Veja também: