A vida noturna em Madrid: guia essencial

Foi nesta cidade que nasceu a movida. Será preciso dizer mais sobre a magia da noite na cidade de Madrid? 

A vida noturna em Madrid: guia essencial
Para que a noite madrilena não tenha segredos para si

Há muito que a famosa movida madrilena atrai turistas à capital de nuestros hermanos e é sinal da vitalidade de vida noturna em Madrid. Na noite madrilena já não se encontram os infames botellons de outras eras, mas com os seus bares, clubes, discotecas ou esplanadas, a noite madrilena ainda é uma das mais animadas e afamadas da Europa. 

Apesar de existirem bares e clubes por toda a cidade, a fiesta tem como epicentro a zona central da cidade. Comece por um copo de fim de tarde e jantar na Latina e depois desça para um cocktail na zona da Gran Vía, antes de partir à descoberta dos encantos da movida na Chueca e na Malaseña.


Os melhores locais para viver a vida noturna em Madrid


BarCo, Justicia

BarCo

Para os amantes da música, o BarCo é o local a visitar em Madrid. Diariamente oferece concertos musicais para diversos estilos e para todos os gostos. Concertos ao vivo em palco, com uma acústica que recolhe elogios unânimes, são o cartão de visita deste bar que colabora com a Escuela de Música Creativa, o que dá oportunidade aos melhores alunos de se apresentarem em palco. 

Além dos concertos, todos os fins de semana e véspera de feriados, há clubbing, com dj’s a animar a pista noite dentro, depois de terem terminado os concertos. A entrada no bar obriga a consumo.

Endereço: Calle Barco, 34. Metro: Tribunal

 

Sala el Sol, Sol

Há muito que a Sala el Sol é uma referência da vida noturna de Madrid. Com concertos regulares e djs, a agenda deste clube é sempre bem preenchida. A dois passos de Sol e da Gran Vía, a Sala el Sol merece uma visita para se beber um copo e ouvir um pouco de rock.

Endereço: Calle de los Jardines, 3. Metro: Gran Via

 

Wild Thing, Chamartin

Ponto de referência na cena indie de Madrid, o Wild Thing tinha de marcar presença nos destaques da vida noturna em Madrid. Com uma seleção eclética de Pop-Rock de hoje e de sempre, o Wild Thing é um pequeno templo da cultura indie, com as suas paredes forradas com posters de estrelas da música alternativa. 

Um pouco mais afastado do centro, é um bar que atrai um público heterogéneo, começando a “bombar” a partir da meia noite e meia. O preço das bebidas ronda os 6€.

Endereço: Calle de Martin Machio, 2. Metro: Alfonso XIII



Museo Chicote, Gran Via

chicote

Com o seu interior a fazer lembrar os anos 30, este icónico bar é um dos destaques da vida noturna em Madrid. Casa histórica, nasceu em 1931, pela mão de Pedro Chicote, que ex-barman do hotel Ritz que se vangloriava de ter inventado mais de 100 cocktail, que foram provados por nomes como Hemingway, Rita Hayworth, Ava Gardner, Sophia Loren, Grace Kelly ou Frank Sinatra. Aconselha-se a visita depois da meia noite, quando a sala se compõe e os djs emprestam uma atmosfera lounge ao espaço. 

Endereço: Gran Via, 12. Metro: Gran Via



Theatro Joy Eslava, Sol

Este antigo teatro do século XIX está aberto diariamente e sempre com a casa quase cheia há três décadas. Com um ambiente selecionado, as filas para entrar são um clássico deste templo da vida noturna de Madrid. Cada noite tem uma temática diferente, variando entre o R&B, o hip hop e a música de dança e existe ainda uma soirée aos sábados (das 17:30 até às 22) destinada aos mais jovens (14-17), onde não há nem consumo de álcool, nem de tabaco. O preço de entrada varia entre 12 e 16€, consoante o dia e o evento. 

Endereço: Calle del Arenal, 11. Metro: Sol



Kapital, Atocha

kapital

Este é talvez um dos mais famosos megaclubes da vida noturna em Madrid. Com sete andares, a Kapital é capaz de ter algo para agradar a todos: cocktail bar, pista de dança, pista de música internacional, karaoke, bar chill out, bar lounge, bar rock, cocktaill bar e até uma “kissing room”... A admissão começa nos 15€.

Endereço: Calle Atocha, 125. Metro: Atocha

Veja também: