Guia essencial: os vinhos perfeitos para cada ocasião

Existem vinhos perfeitos para determinadas situações e determinados pratos. Conheça as melhores opções e saiba como degustar cada uma delas.

Guia essencial: os vinhos perfeitos para cada ocasião
Um guia para que nunca falhe na seleção do vinho

É daquelas pessoas que não percebe patavina de vinho? Quando tem um jantar em casa fica sempre na dúvida sobre qual vinho servir consoante o prato apresentado? Não desespere e conheça os vinhos perfeitos para cada tipo de prato e ocasião.

Quais os vinhos perfeitos para cada ocasião? Nós ajudamos

Vinho Tinto


tinto

O vinho tinto é o clássico dos vinhos; não é por acaso que os filmes têm a clássica imagem dos atores a degustar um copo após um longo dia de trabalho. Muito versátil, com os seus diferentes tipos e variações, estes são vinhos perfeitos para carnes, pratos agridoces e também para mesas de frios, como queijos e charcutaria.

Algumas ideias para se inspirar com vinho tinto:

  • Fondue de carne, queijos, camarão ou chocolate;
  • Massa com molhos com carne;
  • Carnes brancas;
  • Carnes de caça;
  • Frutos do mar.

Vinho Branco


vinho branco

Os vinhos brancos, de um modo geral, são vinhos perfeitos para acompanhar queijos suaves, carnes brancas grelhadas, peixe e risotos. Se está a pensar fazer uma carbonara, então um vinho branco, chardonnay por exemplo, é uma excelente opção, pois esta bebida acompanha muito bem massas com molho branco.

Tentando ir mais ao pormenor, se estivermos a falar de um vinho branco mais encorpado, as combinações ideias passam por:

  • Peixe e marisco cozido;
  • Pratos de peixe com molhos;
  • Peixe assado, grelhado e frito;
  • Bacalhau cozido e assado;
  • Arroz de peixe e de marisco;
  • Salmão fumado;
  • Charcutaria;
  • Tortilhas;
  • Omeletes;
  • Legumes gratinadas.

Quando o vinho branco é mais jovem, então estamos perante vinhos perfeitos para acompanhar:

  • Peixe e marisco cozido;
  • Marisco cozido;
  • Bacalhau cozido;
  • Peixe magro grelhado;
  • Arroz de peixe;
  • Carnes brancas grelhadas;
  • Saladas;
  • Tortilhas;
  • Omeletes.

 

Espumante Moscatel


moscatel espumante

Os espumantes moscatel são vinhos perfeitos para o pós prato principal, ou seja, para acompanhar uma boa sobremesa. Bolos, tortas, cheesecakes, mousses e saladas de fruta são, efetivamente, a melhor combinação para este tipo de vinho.

Rosé


rose

Os vinhos rosé combinam na perfeição com saladas e com massas, daquelas levezinhas que se fazem no verão. Por isto mesmo, o rosé é também ideal para acompanhar a degustação de entradas da refeição. Além disso, uma particularidade é que são vinhos perfeitos para todo o tipo de comida oriental.

Quando é do tipo mais seco, o vinho rosé é ideal para servir de acompanhamento a:

  • Peixe e marisco;
  • Carne magra grelhada e assada;
  • Charcutaria;
  • Massas italianas;
  • Verduras gratinadas;
  • Tortilhas;
  • Omeletes;
  • Pratos muito temperados e/ou picantes.

Se falamos de vinho rosé não seco, então o cenário gastronómico ideal inclui:

  • Peixe e marisco cozido;
  • Peixe magro grelhado;
  • Carnes gordas;
  • Queijos curados e azuis.

 

Veja também: