Vírus no facebook: O que é e como resolver

Nos últimos dias têm aparecido muitos vírus no facebook. Também lhe aconteceu a si? Saiba porquê e como resolver a situação.

Vírus no facebook: O que é e como resolver
O facebook tem estado “debaixo de fogo”

Já foi “atacado” por algum vírus no facebook? Já algum amigo o marcou numa publicação menos própria? Não caia na ratoeira. Mas se cair… saiba aqui como resolver.

A notificação de que um amigo seu partilhou uma ligação e que o marcou a si e a mais uns quantos amigos não é, de todo, rara na rede social Facebook. Acontece todos os dias. E é por isso que este vírus está a afetar tantos utilizadores. Mas o fundamento deste vírus é o mesmo que todos os outros. A ideia é criar um isco, geralmente um vídeo pornográfico, para depois  tomar conta da sua conta da rede social.
 

As consequências

As consequências normais do vírus são a perda de controlo, seja do computador, do navegador ou da rede social em questão, como acontece com o Amazonaws (o nome dado a este vírus que anda a infetar as cronologias de milhares de pessoas). Ao clicar no post que dá acesso a um vídeo de conteúdo pornográfico com malware – ou seja, software malicioso – o utilizador abre uma linha direta de entrada ao vírus. Além de ganhar controlo da aplicação de mensagens (o Messenger) e multiplicar as mensagens maliciosas através de links, o vírus acede também à cronologia do utilizador e publica o vídeo, identificando outros tantos amigos.
 

O que pode fazer

Um vírus é como uma doença e, como tal, há variações do mesmo, que afetam aspetos diferentes do computador. Caso o vírus tenha afetado só a rede social Facebook, a solução é simples. Clique no canto superior direito, no botão das Ferramentas e, depois, em Configurações. Assim que o fizer, irá aparecer um menu do lado esquerdo do ecrã. Aí só tem de clicar em Aplicativos e começar a eliminar todos os items que não conheça ou ache suspeito. Ao clicar no X selecione a opção “Excluir todas as atividades de [aplicativo] do Facebook”. Depois é só clicar em Remover e pode considerar-se livre deste maldito contratempo.

Contudo, caso o vírus já tenha tomado conta do navegador há muito mais a fazer. Clique no botão das opções do seu navegador – no canto superior direito. Depois em Ferramentas e Extensões (no caso do Chrome) e em Complementos (no caso do Firefox). Se não conseguir aceder às Extensões é sinal de que o vírus já acedeu ao seu navegador. Nesse caso só há uma solução. Desinstalá-lo e voltar a instalar como na primeira vez. Assim que estiver tudo operacional, aceda às extensões e comece a eliminar tudo o que for suspeito. Reinicie o seu computador e tudo deverá voltar ao normal.

Se ainda quiser ir para além disso, pode sempre correr o seu antivírus ou outro programa qualquer que remova software malicioso como o AdwCleaner.

Veja também: