Web Summit: tudo o que precisa de saber

Certamente já ouviu falar da Web Summit. Neste artigo, pode encontrar tudo aquilo que precisa de saber acerca deste grande evento

Web Summit: tudo o que precisa de saber
O evento vai destacar Lisboa no mapa

O ano passado, Portugal foi escolhido para acolher em 2016, 2017 e 2018, um dos maiores e mais importantes eventos de tecnologia, empreendedorismo e inovação de toda a Europa, a Web Summit. São excelentes notícias, especialmente tendo em conta a evolução positiva que as startups têm tido em Portugal. Mas, afinal, de que se trata este evento?
 

O que é?

A Web Summit é uma conferência tecnológica anual que existe desde 2009, e que desde então foi de 400 participantes a mais de 40.000 – um recorde neste tipo de eventos.  O evento conta com oradores de renome, como líderes de entidades como a Forbes, o Tinder e até o Facebook, investidores e vária startups.

Nasceu na Irlanda, e foi criado por Paddy Cosgrave, David Kelly e Daire Hickey, enquanto evento local para interessados em startups, e tem desde então ajudado a mudar o setor tecnológico ao ajudar a criar parcerias e a partilhar ideias inovadoras.
 

A Web Summit em 2016

Em 2016, pela primeira vez na história do evento, a conferência vai ser em Lisboa, na Meo Arena e Feira Internacional de Lisboa (FIL), e não em Dublin, na Irlanda. Vai decorrer de 7 a 10 de novembro, e há já mais de 50 mil participantes confirmados. Várias publicações noticiaram já que em Lisboa encontrar um quarto de hotel disponível nessa data é um feito.

A aplicação do evento, que facilita a gestão de tempo no mesmo e ajuda a conhecer investidores, oradores ou startups, de acordo com os interesses de cada participante, estará disponível a partir de hoje na App Store e no Google Play.

A agenda do evento pode ser vista online , tal como toda a lista de 600 oradores, que ainda está por completar, mas que já inclui grandes nomes como Sean Rad, Mike Quigley (CMO da Niantic), Alex Stamos (CSO do Facebook), e até o primeiro-ministro de Portugal António Costa.
 

Como participar?

Há várias formas de participar na Web Summit. Quem quiser pode-se voluntariar para ajudar , o que já dá acesso ao evento e dependo do contexto, poderá vir a participar como orador ou até como investidor. Pode, também, comprar o seu bilhete e apenas aderir ao evento. Em certos casos, como para ser orador, poderá ter de contactar os organizadores para conseguir a posição.

Neste momento, os bilhetes para a conferência custam, no mínimo, €800, e chegam a valores acima dos €5.000 para quem quiser ter acesso ilimitado. Em grupo é possível poupar nos preços dos bilhetes, chegando a ficar €741 por pessoa em grupos superiores a 50 pessoas. Pode consultar os preços através do site do evento.


Veja também: