Publicidade:

Porquê escolher um wedding planner?

Se está prestes a iniciar o planeamento do seu casamento, mas não sabe se deve recorrer aos serviços de um/a wedding planner, continue a ler.

Porquê escolher um wedding planner?
A entrevista a Maria Luis Vaz Teixeira, da Mary Me

Wedding planner: sim ou não? Fomos falar com Maria Luis Vaz Teixeira, a mulher à frente da Mary Me, empresa de Leça da Palmeira que se dedica à prestação de vários serviços em torno do casamento, como planeamento integral, coordenação, styling ou decoração.

A Fundadora, Diretora Criativa, Gestora e Coordenadora de Casamento responde às questões que sempre quis colocar.

maria luis

5 perguntas a uma wedding planner


Porquê recorrer a um serviço de wedding planner?

Maria Luis (M.L) – Acredito que é impossível conseguirmos controlar todas as áreas de igual e excelente maneira. Cada pessoa tem a sua profissão e a sua competência e excelência nela. Wedding Planning é também uma profissão que exige para além de formação, know-how e experiência.

Quando temos dúvidas sobre a nossa contabilidade, falamos com o nosso contabilista. Com uma questão jurídica, com o nosso advogado. Com o nosso casamento, obrigatoriamente com o nosso WP. Só ele nos poderá dar uma resposta imparcial, exímia e conhecedora sobre o assunto que nos apoquenta, de forma eficaz, rápida e sem hesitações. Conhece o mercado, conhece os fornecedores, conhece o valores e poderá aconselhar da melhor maneira para a organização do casamento, poupando tempo, dinheiro e preocupações.

casamento ramo

Quanto pode custar este serviço?

M.L – Irá depender de inúmero factores como a localização e a complexidade do evento e o número de horas exigidas para a sua organização. Poderei dizer que os valores de mercado rondam os 6% a 12% do orçamento total do casamento mas que cada profissional apresenta os seus honorários da forma que considera mais justa, adequada e confortável de trabalhar.

cadeiras casamento

Em que áreas da organização de um casamento é que o wedding planner pode ser mais útil?

M.L – Em todas. Como referi anteriormente, como conhecemos o mercado, conseguimos aconselhar sempre o cliente da melhor forma, já que, sabendo já como do que o cliente gosta e pretende para o seu casamento, mais rapidamente apresentamos as melhores soluções para ele. Serve também como “tira-teimas” em caso de “empate” entre o casal e tem um papel preponderante na seleção dos fornecedores a recomendar aos clientes. Faz a filtragem dos fornecedores que irão interessar aos noivos e “certifica” o seu trabalho, o que deixa os clientes mais confortáveis com as decisões que tomarem.

sala jantar casamento

Quais os imprevistos mais comuns na organização de um casamento e de que forma é que o/a wedding planner pode resolvê-los?

M.L – Como o nome o diz, são “imprevistos” logo poderão ser de qualquer natureza. No entanto, o nosso compromisso é mesmo esse: resolvê-los, quaisquer que sejam.

Que conselhos daria a futuros noivos que vão começar a planear o dia do casamento?

M.L – Em primeiro lugar que estabeleçam uma lista de prioridades para o casamento e que a primeira seja: boa comida. De seguida, que façam a lista de convidados, de forma tranquila e sem “prejudicar” nenhum dos lados. Quando tiverem estes dois dados, planeiem a organização do seu casamento (e do seu budget) cerca de 1 ano antes para que possam analisar tudo com calma e romantismo.

Mesmo que não considerem contratar uma WP, marquem uma reunião com uma que os ajude a orientar na fase inicial e, sem dúvida, contratem uma equipa para coordenar o casamento pois, da nossa experiência, muitas noivas se arrependem de não o ter feito pois vivem muito mais o dia se o fizerem. A equipa coordena tudo o que eles organizam sozinhos e os noivos podem namorar e conviver com os convidados, sem preocupações.

*fotografias gentilmente cedidas pela Mary Me

Veja também: