4 zonas imperdíveis em Lisboa

A cidade das sete colinas tem muito para oferecer, de bairros pitorescos a monumentos surpreendentes. Venha passear por quatro zonas de visita obrigatória.

4 zonas imperdíveis em Lisboa
Lisboa menina e moça, cidade de encantos mil

A nossa capital não reserva surpresas e experiências maravilhosas apenas para os turistas estrangeiros. Descubra as zonas imperdíveis em Lisboa com este pequeno guia, que o leva tanto pelas ruas históricas como pelas avenidas mais recentes, mostrando-lhe o novo e o antigo, a tradição e a inovação.
 

Em Lisboa, não deixe de visitar estas 4 zonas


Parque das Nações

expo

Apesar da sua história recente, a zona ribeirinha revitalizada com o grande evento que foi a Expo’98, na zona oriental de Lisboa, merece ser destino a visitar. O projeto urbanístico contemplou edifícios para habitação, comércio e serviços, complementados com os pavilhões construídos para a referida exposição internacional.

Hoje, esta zona parece uma cidade dentro da própria cidade, com vida própria. Um passeio por esta zona é obrigatório, e são muitas as paragens aconselhadas, tanto para apreciar a paisagem como os edifícios, assim como são várias as atrações e experiências que podem ser vividas por estas bandas, das quais destacamos:​
  • Oceanário
  • Pavilhão do Conhecimento
  • Gare do Oriente
  • Teleférico
  • Casino
 

Alfama, Castelo e Mouraria

alfama

Estes três bairros típicos formam uma das zonas imperdíveis em Lisboa. Aqui é notória a herança mourisca e a forte ligação ao fado. O ideal é calcorrear as suas ruas a pé, ainda que possa usar o elétrico ou os importados tuk-tuk. Comece por Alfama, passe pelo Castelo de São Jorge e vá até à Mouraria, o mais eclético de todos os bairros: aqui vivem pessoas de mais de cinquenta nacionalidades diferentes.

De acordo com os historiadores, foi precisamente na zona da Mouraria – batizada assim por ter sido o reduto dos muçulmanos após D. Afonso Henrique ter conquistado Lisboa em 1147 - que o Fado teve origem, precisamente a partir dos cânticos melancólicos mouriscos. Curiosidade: a fadista Mariza cresceu aqui. Passeie pelas ruelas destes bairros e deixe-se encantar com imagem da roupa a secar nos estendais de parede. É normal ouvir-se fado a sair das janelas. Nesta zona de Lisboa, não deixe de ver:
  • Arcos de Alfama
  • Museu do Fado
  • Castelo de São Jorge
  • Miradouros
  • Martim Moniz e as lojas de produtos exóticos



Chiado

carmo

Neste périplo por quatro zonas imperdíveis em Lisboa, sugerimos o Chiado. Elegância, tradição e modernidade: o Chiado é tudo isto e muito mais. As suas ruas abrigam lojas, restaurantes e cafés que seduzem em igual medida turistas e locais.

Renascido das cinzas com a ajuda do premiado arquiteto Siza Vieira, após o trágico incêndio de 1988, o bairro do Chiado depressa recuperou a sua atmosfera cosmopolita e hoje apresenta-se mais vibrante do que nunca. Para além de lojas antigas e charmosas como a livraria Bertrand, a Sapataria do Carmo ou a Casa das Velas do Loreto, há muito mais para conhecer. Destaque para:
  • Elevador de Santa Justa
  • Largo do Carmo
  • Ruínas do Convento do Carmo
  • Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado
  • Estátua de Fernando Pessoa (Café A Brasileira)
  • Miradouro de Santa Catarina (Bairro Alto)
 


Belém

belém

História e cultura andam de mãos dadas nesta zona de Lisboa, adornada pelo rio aos seus pés. São várias praças, jardins, monumentos e museus que merecem tanto um passeio descontraído, como visitas mais demoradas. Sem esquecer os famosos pastéis de Belém, cuja confeitaria mais famosa fica, claro está, neste bairro lisboeta. Em Belém, não deixe de apreciar:
  • Torre de Belém
  • Padrão dos Descobrimentos
  • Centro Cultural de Belém
  • Mosteiro dos Jerónimos
  • MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia

Veja também: