Os preços dos seguros auto variam. Mas tanto?!

Sabia que um seguro automóvel com as mesmas características, para o mesmo carro e para o mesmo condutor pode ser mais de 400€ mais barato anualmente? E sabia que fazer o mesmo seguro na mesma companhia com a diferença de um mês pode traduzir-se numa diferença de mais de 200€? Não acredita? Veja por si mesmo.

Os preços dos seguros auto variam. Mas tanto?!
Até nós ficamos surpresos. Bem-vindo à lotaria dos seguros auto.
  • De um mês para o outro, o mesmo seguro pode custar em média mais 200€.

Já perdemos a conta de quantas vezes noticiamos que as simulações online podem fazê-lo poupar 200€ em média por ano. E vamos continuar a fazê-lo. Só que desta vez, não lhe damos dicas, sugestões ou guias de poupança. Desta vez, pusemos as mãos à obra e decidimos mostrar-lhe, à séria, como se poupa realmente


1 condutor, 3 carros, 36 simulações

EM ANÁLISE
Seguradoras:
Logo, Continente, Ipronto, Okteleseguros, Direct, Nseguros

Veículos:
Renault Twingo, Peugeot 208 e Volkswagen Golf
Simulação online em Março e Abril de 2014
Analisamos o preço dos seguros automóvel em 6 seguradoras. Utilizamos sempre o mesmo perfil de condutor* e comparamos exactamente os mesmos três veículos**.

Assim, em Março, o Rodrigo acedeu aos sites oficiais da Logo, Continente, Ipronto, Okteleseguros, Direct e Nseguros e fez simulações para os seus três carros – um Renault Twingo, um Peugeot 208 e um Volkswagen Golf. Pediu uma simulação para todos os produtos disponíveis, desde o mais básico até aos “premium”. O mesmo pedido foi feito para cada uma das seguradoras. 

Não querendo correr o risco de tentar comparar o incomparável, deixamos a ressalva que no caso dos pacotes mais completos existem diferenças quanto às coberturas opcionais que podem, de alguma forma, justificar alterações de preço. Assim, não sendo exactamente iguais em termos de características, o que vamos comparar são os seguros mais básicos e os seguros mais completos apresentados por cada seguradora para os casos específicos que lhes solicitamos à data em que os contactamos.

Um mês depois, em Abril, repetimos exactamente o mesmo procedimento. O Rodrigo repetiu as 36 simulações, nos mesmos sites para os mesmos carros. É só fazer as contas. 


Vamos a contas:

Segundo dados estatísticos do Instituto de Seguros de Portugal existem 7 milhões de apólices de seguro automóvel em vigor. O que também sabemos é que a grande maioria dessas apólices apenas incluem a cobertura obrigatória por lei – o seguro de responsabilidade civil. Se não for por mais nada, há certamente uma razão que motiva os portugueses a escolher o mais básico dos seguros auto: o preço.

A verdade é que em 2013 o prémio médio do seguro automóvel em Portugal fixou-se em 225.40€, bem longe dos 335€ do ano de 2003. Em dez anos, os seguros automóvel baixaram, em média, 100€. Para tal muito contribuíram as lowcost, que aliadas à queda da sinistralidade e à menor circulação rodoviária (que é como quem diz a crise) conseguiram uma poupança de 700 milhões de euros nestes últimos dez anos. (Fonte: Associação Portuguesa de Seguradores, APS)

Por isso, nesta primeira análise, decidimos comparar as chamadas seguradoras lowcost. Mais recentes no mercado e com a sua actividade centrada nos canais online e telefónico, as lowcost vieram revolucionar a forma como se fazem seguros em Portugal. À distância de meia dúzia de cliques pode segurar o seu automóvel a partir de casa com um acesso à internet. Por terem custos substancialmente mais baixos, estas seguradoras têm preços mais competitivos e produtos mais simples. 
O que não é tão simples é justificar as variações de preços. Se fossem variações de produtos de seguradoras diferentes, ainda compreendíamos: diferentes coberturas, campanhas promocionais temporárias ou até variações nos mercados poderiam justificar; no entanto, quando as variações são no produto da mesma seguradora e a única variável é o mês da simulação já é mais difícil entender. Ora veja:  


Resultados

  • Um seguro de danos próprios para o Golf em Abril custou-lhe mais 411.25€ na NSeguros comparativamente ao seguro equivalente da Logo (Logo Max vs NSeguros Top com as mesmas coberturas);
  • A Nseguros tem a média de preços mais baixa no mês de Março para seguro de responsabilidade civil (124.94€);

 

  • Saiba também que segurar um Twingo, um Peugeot ou um Golf com seguro de responsabilidade civil na Ipronto custou exactamente o mesmo nos dois meses de análise (137.27€);
  • Em Abril, a Ipronto apresenta os valores mais baixos para os três veículos nos seguros de responsabilidade civil (137.27€);

 

  • Saiba que se fez um seguro de responsabilidade civil em Março para o seu Twingo na seguradora LOGO, pagou mais 105€ do que tivesse feito o mesmo seguro de responsabilidade civil na NSeguros;
  • Se tem um Golf e fez um seguro premium na LOGO em Abril poupou 74€ em relação aos que fizeram o mesmo seguro em Março;
  • A Logo tem a média de preços mais baixa para seguros de danos próprios em Abril: 324€, em oposição à Continente com uma média de 596€;

 

  • Segurar o seu Renault na Continente com um seguro básico de responsabilidade civil ficou-lhe 40€ mais barato do que se tivesse feito o seu seguro na Logo;
  • Já se segurou o seu Golf em Março com um danos próprios, pagou mais 262€ na Continente comparativamente ao seguro equivalente da Logo;


 

  • A OkTeleseguros é a seguradora que apresenta valores mais estáveis comparando os dois meses, com uma oscilação que não ultrapassa 2€ comparando os mesmos produtos para os mesmos veículos;
  • Segurar o seu Peugeot em Março com um seguro de danos próprios ficava-lhe mais barato na OKTeleseguros;
  • Um Golf segurado com danos próprios na OkTeleseguros em Março é mais barato 195€ comparativamente à seguradora Continente;

 

  • Em Março, um seguro de responsabilidade civil para um Peugeot oscila entre 119€ (Nseguros) e 210€ (Direct);
  • Segurar o seu Golf em Abril com um seguro de danos próprios ficou-lhe mais barato 246.11€ na Direct (Essencial Danos Próprios) do que o tivesse feito na NSeguros (Top);



Em suma:



Este é um trabalho que o Rodrigo vai continuar a fazer. Mensalmente, aqui no E-konomista, vamos mostrar-lhe as variações de preços de seguradora para seguradora, tentando análise após análise, melhorar os processos e minimizar do nosso lado as margens de erro. Por outro lado, para além de alargamos o leque de seguros automóvel analisados, vamos também tentar equacionar directamente as seguradoras. Porque nós não colocamos em causa que os preços tenham que mudar; queremos no entanto entender o que justifica a alteração do preço de um serviço - cujas características anunciadas são as mesmas - mas que de um mês para outro pode custar mais (ou menos) um salário mínimo nacional. Para já, tanto para seguros de responsabilidade civil como para seguros de danos próprios, foi mais barato, em média, segurar o seu automóvel no mês de Abril. Em breve mais novidades.