1 de Maio: Hipermercados fechados

Há já alguns hipermercados que avisaram que vão estar fechados, como já é tradição no dia 1 de Maio, Dia do Trabalhador. É o caso de Jumbo, Pão de Açúcar e El Corte Inglés. Os Sindicatos afirmam que colaboradores foram pressionados a trabalhar no feriado por grupos como Sonae e Jerónimo Martins. Neste âmbito veio à baila a opinião desfavorável do Sindicato dos Trabalhadores do Comércio que não concordam com a alteração do horário aos Domingos.

1 de Maio: Hipermercados fechados

A tradição já de muitos anos deve-se manter e no domingo dia 1 de Maio, Dia do Trabalhador, os hipermercados deverão estar fechados. Aliás se abrirem será a primeira vez que tal acontece desde 1974.

 

Apesar de negarem qualquer tipo de pressão, os sindicatos denunciaram que grupos como Sonae, detentora do Continente e a Jerónimo Martins, que detem o Pingo Doce, por exemplo, têm feito pressões sobre os colaboradores para trabalharem no Dia do Trabalhador.

 

Quanto à alteração do horário de funcionamento aos domingos dos hipermercados em geral e grandes superficies comerciais, as opiniões divergem.

 

Segundo a Associação Portuguesa das Empresas de Distribuição (APED), esta alteração de horário veio criar novos empregos, pois basearam-se no número dos colaboradores entre Fevereiro de 2011 e Fevereiro de 2010.

 

O Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal(CESP) afirma ter feito levantamentos mensais e constatou que ninguém foi admitido nas superficies comerciais, aliás, houve casos de pessoas que viram o seu contrato a prazo não ser renovado; e que o emprego gerado é reflexo da criação de novas lojas e não pelo alargamento do horário.

 

Veremos se se mantem a tradição e segundo declarações do grupo Auchan, "apesar do contexto económico, os valores e a cultura do Grupo Auchan, baseados num forte pilar social, contribuíram decisivamente para esta posição" de encerrar no dia 1 de Maio.