2016 foi ano de Baby Boom em Mora

A Câmara Municipal de Mora faz saber que 2016 bateu o recorde de nascimentos no concelho: 33 novos morenses.

2016 foi ano de Baby Boom em Mora
Neste ano houve 33 nascimentos

Com o registo de 33 nascimentos em 2016, assistimos a um Baby Boom em Mora, isto é, um recorde em termos de nascimentos no concelho que se traduzem também em 24 mil euros pagos em subsídios à natalidade.


Baby Boom em Mora: taxa de natalidade aumenta 70%

Este aumento de 70% face ao ano anterior já se adivinhava, uma vez que em novembro de 2015 havia já 26 grávidas no município. Assim, em 2016 nasceram 21 primeiros filhos, nove segundos e três terceiros filhos.

De lembrar que a Câmara Municipal de Mora oferece, desde 2004 500 euros por cada primeiro filho, 1000 euros por cada segundo filho e 1500 euros por cada terceiro filho, o que se traduz num total de 221 500 euros atribuídos por 288 nascimentos.

Desde que o subsídio foi instituído em 2004, o número de nascimentos foi sempre aumentando até 2006 quando se registou o maior número de nascimentos - 24 bebés, número ultrapassado em 2010 - 31 bebés e agora, em 2016 os 33 nascimentos apresentam-se como um recorde.

De qualquer modo, a autarquia faz saber que considera que a progressiva fixação de pessoas no concelho se deve não só à atribuição destes subsídios e aos apoios dados para a habitação jovem, mas acima de tudo às condições de desenvolvimento sustentado que a região vivencia, nomeadamente através da consolidação da pequena indústria e do desenvolvimento das atividades turísticas.

Veja também: