25 casas por dia voltam aos bancos

Estes números assustadores levam os partidos a concordar que se revela fundamental fazer alterações ao regime do crédito habitação, tendo sido o PS a levantar esta questão e a apresentar cinco iniciativas para alterar este cenário.

25 casas por dia voltam aos bancos

Tendo em conta que no ano passado, registou-se em média a entrega de 19 casas por dia aos bancos e que o número subiu para 25 por dia, nos primeiros meses de 2012, é notório que é preciso fazer alguma coisa.

Já que o Governo estima repor a totalidade dos subsidios de férias e de Natal só em 2018, o rendimento das familias demorará ainda um bom tempo a recompôr-se.

Se os partidos não tomarem uma atitude, o incumprimento no crédito habitação vai subir de tal forma que milhares de familias acabarão por perder as suas casas.

Todos os partidos parecem remar na mesma direcção e os objectivos parecem ser comuns, tendo em conta que procuram criar legislação que permita às familias manterem as suas casas, já que é preponderante a adopção de medidas para proteger o direito à habitação.

Outro objectivo comum é impedir alterações abusivas aos contratos de crédito habitação, que apenas protegem os bancos, deixando de parte os interesses das familias.